Chapa do “Blocão” pode ter Aguinaldo, Nadja na vice e Leonardo para o Senado

Aguinaldo é a grande interrogação do "Blocão" (Imagem da Internet)

Aguinaldo é a grande interrogação do “Blocão” (Imagem da Internet)

Informações de Brasília dão conta de que a presidente Dilma Roussef estaria fazendo (ou fez) uma última tentativa de convencer o ministro Aguinaldo Ribeiro (PP) a disputar o Governo do Estado da Paraíba com apoio do PT e do PSC, que formam o chamado “Blocão”. Na mesma linha, o jornal “O Globo” publicou matéria informando que Aguinaldo estaria deixando a pasta das Cidades para justamente concorrer à sucessão estadual.

Se o ministro cedeu aos apelos de Dilma, o futuro do “Blocão” já estaria sacramentado, independente da disputa interna envolvendo a advogada Nadja Palitot e o sindicalista Marcos Henriques. Como a prioridade do PT é reeleger a presidente da República, ceder a cabeça de chapa nos Estados é apenas um dos “sacrifícios” previstos no projeto para 2014.

Nesse caso, é muito provável que o ministro aceite ter como Nadja como vice, por indicação dos petistas, e Leonardo Gadelha disputando o Senado, como representante do PSC. Assim, os três partidos da base do “Blocão” estariam contemplados na chapa majoritária, podendo a aliança partir para uma eventual ampliação e formatação do programa de governo.

A única dúvida que permanece é se Aguinaldo realmente sai do Ministério para disputar o Governo do Estado ou para tentar a reeleição, uma hipótese mais viável e barata.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor