Cícero assina contrato de R$ 100 milhões com a CEF para calçamento de 500 ruas

 

Imagem da Internet

O prefeito de João Pessoa, Cícero Lucena, aproveitou o último dia de 2021 para assinar empréstimo com a Caixa Econômica Federal, no valor de R$ 100 milhões. O recurso será destinado ao calçamento de mais 500 ruas em diversos bairros da Capital.

Leia Também:
Em mensagem de fim de ano, parlamentar garante vitória de Lula em 2022: “Será eleito”
Segundo Cícero, “a eficiência na gestão financeira da Capital permitiu mais uma contratação de operação de crédito que irá contribuir com a infraestrutura de nossa cidade”. Ele destacou as novas vias pavimentadas irão beneficiar milhares de famílias, que esperavam há anos por bem feitorias nos locais onde moram. “Enfrentamos o desafio de garantir mais qualidade de vida para a população que sofre há anos esperando a presença do Poder Público”, disse o prefeito.

Segundo o secretário Bruno Sitônio, a Prefeitura de João Pessoa se habilita para receber recursos em virtude de ações que proporcionaram equilíbrio financeiro para gestão, mesmo em um cenário de pandemia. “A gestão do prefeito Cícero Lucena reafirma sua capacidade de cuidar da cidade, promovendo o desenvolvimento econômico e social”, frisou.

Investimentos – No dia 27 de dezembro, o prefeito Cícero Lucena assinou a ordem de serviço para calçamento em paralelepípedo ou pavimentação asfáltica em vias da Capital. Estão sendo investidos cerca de R$ 720 mil. Segundo o prefeito, a intenção é levar infraestrutura para toda a cidade e a meta é calçar mil ruas.

Comentar

Corpo de ex-deputado Simão Almeida é velado na Assembléia Legislativa

Imagem Reprodução

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), Adriano Galdino, em nome de todos os parlamentares e servidores do Poder Legislativo Paraibano lamentou o falecimento do presidente da Junta Comercial do Estado e ex-deputado estadual Simão Almeida, que morreu aos 77 anos, na manhã desta quarta-feira (29), vítima do coronavírus.

VcO ex-deputado estava internado em um hospital de João Pessoa. Ele havia tomado duas doses da vacina contra a Covid-19 mas, mesmo assim, desenvolve

“Neste momento de dor para toda a família nos solidarizamos com os familiares e amigos de Simão Almeida, um grande político do nosso Estado, que deixa grandes lições e um legado de trabalho e luta pelo povo da Paraíba”, ressaltou Adriano Galdino.

 O    ex-deputado foi eleito em 1990 pelo PCdoB com vc votos. Era natural da cidade de Cabaceiras e sofreu prisão e perseguição durante a ditadura militar instaurada em março de 1964 pela sua atuação contra o regime. Formado em engenharia elétrica, em fins de 1968, mudou-se para o Recife, onde, em fevereiro de 1969, teve a sua casa invadida pela polícia. Passou, então, a viver na clandestinidade, até a promulgação da lei de anistia.

 

Comentar

Receita libera mais R$ 250 milhões de lotes residuais do Imposto de Renda

Imagem Reprodução

A Receita Federal libera o pagamento nesta quinta-feira (30) da restituição do lote residual do IRPF 2021 (Imposto de Renda da Pessoa Física) do mês de dezembro. Esse lote também tem restituições residuais de exercícios anteriores. Serão contemplados 174.482 contribuintes, entre prioritários e não prioritários. O valor total do crédito é de R$ 285 milhões.

Para saber se a restituição está disponível, o contribuinte deve acessar a página da Receita na internet (www.gov.br/receitafederal), clicar em “Meu Imposto de Renda” e, em seguida, em “Consultar a restituição”.

O pagamento da restituição é realizado diretamente na conta bancária informada na declaração de Imposto de Renda. Se, por algum motivo, o crédito não for realizado (por exemplo, a conta informada foi desativada), os valores ficarão disponíveis para resgate por até um ano no Banco do Brasil.

O contribuinte poderá reagendar o crédito dos valores pelo Portal BB, acessando o endereço: https://www.bb.com.br/irpf, ou ligando para a Central de Relacionamento BB por meio dos telefones 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial exclusivo para deficientes auditivos).

Caso o contribuinte não resgate o valor de sua restituição no prazo de um ano, deverá requerê-lo pelo Portal e-CAC, disponível no site da Receita Federal, acessando o menu Declarações e demonstrativos > Meu Imposto de Renda e clicando em “Solicitar restituição não resgatada na rede bancária”.

Contemplados
Do valor total a ser restituído neste lote, R$148.805.340,48 serão para contribuintes que têm prioridade legal, dos quais 4.183 são idosos acima de 80 anos, 30.866 entre 60 e 79 anos, 3.351 pessoas com alguma deficiência física, mental ou moléstia grave e 11.367 contribuintes cuja maior fonte de renda é o magistério.

Foram contemplados também 124.715 contribuintes não prioritários que entregaram a declaração até o dia 22 de novembro.

Orientações
A página apresenta orientações e os canais de prestação do serviço, permitindo uma consulta simplificada ou uma consulta completa da situação da declaração, por meio do extrato de processamento, acessado no e-CAC. Se identificar alguma pendência na declaração, o contribuinte poderá retificar a declaração, corrigindo as informações que porventura estejam equivocadas.

A Receita disponibiliza, ainda, aplicativo para tablets e smartphones que possibilita consultar diretamente nas bases da Receita Federal informações sobre liberação das restituições do IRPF e a situação cadastral de uma inscrição no CPF.

Com R7

Comentar

Prefeito participa da entrega de cestas natalinas para servidores do Hospital Santa Isabel

O prefeito Cícero Lucena e o vice-prefeito Leo Bezerra participaram, na manhã desta quarta-feira (22), da entrega de cestas natalinas a funcionários do Hospital Municipal Santa Isabel. As cestas são fruto de doações de médicos, vereadores e da iniciativa privada.

“É importante termos este gesto de solidariedade e confraternização. Este é um momento de renovação da fé e da esperança de que 2022 será bem melhor e o Santa Isabel estará cumprindo o seu papel de cuidar das pessoas”, destacou o prefeito.

A diretora do HMSI, Adriana Lobão, explicou que as cestas serão distribuídas entre aqueles servidores com menor renda. Ao todo foram arrecadadas 206 cestas, que contam com itens como panetone, queijo do reino e espumante.

Com Secom-JP

Comentar

Chuvas provocam interdição de pelo menos dez rodovias na Bahia


Cratera se abre e trecho de rodovia é interditado.
(Foto: Reprodução/TV Bahia)

 

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) — Subiu para 10 o número de estradas interditadas na Bahia após estragos causados pelas fortes chuvas que atingem o centro-sul do estado desde a semana passada. As informações são da Polícia Rodoviária Federal.

A BR 101 é o local mais afetado, com cinco pontos de interdição. Os bloqueios foram causados pelo desmoronamento de barranco, desabamento de acostamento ou queda de barreiras, informou a polícia.

Há interditação total de pista em duas rodovias. Segundo a Polícia Rodoviária, a força de um rio deixou um “enorme buraco” na BR 330, km 866. Já na BR 349, km 833, a estrada cedeu e apenas veículos de pequeno porte podem fazer um desvio pelo acostamento.

As chuvas na Bahia já deixaram 21 mortos e 77 mil desabrigados. Segundo a última atualização do Sudec (Superintendência de Proteção e Defesa Civil da Bahia), são 358 pessoas feridas e 471.786 pessoas afetadas.

Ao too, 136 cidades – número equivalente a 30% do total de municípios baianos – estão em situação de emergência reconhecida pelo governo estadual. As chuvas de dezembro na Bahia já são as mais intensas desde pelo menos 1989, segundo dados do Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos).

O governador da Bahia, Rui Costa (PT) reclamou hoje da verba disponibilizada pelo governo federal para socorrer os municípios afetados pelos temporais. O presidente Jair Bolsonaro (PL) editou uma MP (Medida Provisória) para liberar R$ 200 milhões para reconstruir rodovias prejudicadas pelas chuvas, sendo R$ 80 milhões para o Nordeste, R$ 70 milhões para o Norte e R$ 50 milhões para o Sudeste.

“Eu queria fazer um apelo, porque não é possível recuperar as estradas federais com R$ 80 milhões para o Nordeste”, disse Rui Costa em entrevista coletiva, em Ilhéus.

Chuva

Dois fenômenos meteorológicos foram responsáveis pelas chuvas fortes que atingem a Bahia: a ZCAS (Zona de Convergência do Atlântico Sul) e a frente fria vinda do Espírito Santo.

A ZCAS é um dos principais sistemas meteorológicos causadores de chuva no Brasil durante o verão. É formada por uma faixa de nuvens que normalmente se estende do sul da Amazônia até a região Sudeste, abrangendo também o Centro-Oeste. Se localizada mais ao sul do que o normal, pode atingir estados como Paraná e Santa Catarina; se mais ao norte, como agora, afeta a Bahia, o Piauí e até o Maranhão.

Segundo o meteorologista do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia), Mamedes Luiz Melo, a ZCAS e a frente fria vinda do Espírito Santo atuaram três vezes no mês de dezembro na Bahia: o primeiro, entre os dias 1 e 2, mas com baixa intensidade; o segundo, entre os dias 7 e 12, agora mais intensos; o último, por fim, às vésperas do Natal, também com intensidade alta.

“Foram dois episódios de grande intensidade que aconteceram no mesmo local, num curto espaço de tempo. A região já havia sido castigada e o solo estava encharcado, o que contribuiu para um impacto maior para a população”, explicou.

Veja a lista completa, com informações da Polícia Rodoviária Federal:

Interdição parcial
– BR 101, km 660, Itapebi
Desmoronamento de barranco
– BR 420, km 244, Laje
Sinalização Siga e Pare
– BR 330, entre os kms 807 e 860, Jequié
Há diversos pontos de interdição parcial por conta de árvores e galhos caídos na pista
– BR 101, km 314, Tancredo Neves
Desmoronamento de acostamento
– BR 101, km 316, Tancredo Neves
Queda de barreira
– BR 101, km 351, Teolândia
Ocorreu o desabamento do acostamento BR 101, km 345, Teolândia Ocorreu um desmoronamento de barranco

Interdição total

– BR 330, km 866, Ubatão
Afundamento de pista. A força do rio danificou a rodovia deixando um enorme buraco. Desvio pela cidade para veículos de pequeno porte
– BR 349, km 833, Santa Maria da Vitória
A pista cedeu. Desvio sendo feito de forma precária por parte do acostamento, apenas para veículos pequenos.

Pista liberada

– BR 330, km 792, Jequié
Pista foi liberada, porém a passagem de veículos pesados ainda causa preocupação, motivo pelo qual o trânsito desse tipo de veículo deve ser evitado.

Com folhapress

Comentar

UPAs de João Pessoa atenderam mais de 230 mil pessoas em 2021

As quatro unidades de pronto atendimento (UPAs) mantidas pela Prefeitura de João Pessoa atenderam, de 1 de janeiro até 15 de dezembro de 2021, um quantitativo de 236.062 pessoas com os mais diversos diagnósticos. As unidades, que atendem casos de ur9gências clínicas e pediátricas 24 horas por dia, ficam situadas nos bairros dos Bancários, Cruz das Armas, Manaíra e Valentina Figueiredo.

A UPA é a unidade de urgência e emergência para serviços de média a alta complexidade, sendo um ‘meio-termo’ entre o centro de saúde e os hospitais, universitários com mais recursos do que um posto de saúde. O atendimento é realizado de acordo com a classificação de risco, priorizando a gravidade dos casos, onde a ordem de chegada não determina a rapidez com que o paciente será atendido.

As unidades mantêm pacientes em observação, por até 24 horas, para elucidação diagnóstica ou estabilização clínica, encaminhando aqueles que não tiveram suas queixas resolvidas com garantia da continuidade do cuidado para internação em serviços hospitalares de retaguarda, por meio da regulação do acesso assistencial.

“Ressaltamos e destacamos a importância dos atendimentos nas UPAs de João Pessoa por serem unidades de portas abertas, onde a população pode contar com o serviço de urgência e emergência, evitando assim a superlotação nos hospitais da rede municipal”, destacou o coordenador de Gestão Hospitalar da Secretaria Municipal de Saúde, Edno Guedes.

Ranking de atendimento – Na capital, a UPA do Valentina Figueiredo ocupa a quarta colocação com 48.090 atendimentos prestados no ano d0 lá

e 2021, sendo 47.864 clínicos e 226 pediátricos. Em terceiro lugar aparece a UPA Cruz das Armas, com um total de 49.477 atendimentos, entre os quais, 45.411 clínicos e 4.066 pediátricos.

Na vice-liderança em número de pacientes atendidos o destaque é para a UPA dos Bancários, que prestou assistência a 61.645 usuários, distribuídos entre 55.630 atendimentos clínicos, 3.370 pediátricos e também 2.645 ortopédicos. A Unidade de Pronto Atendimento campeã em número de pacientes atendidos na capital em 2021 é a UPA Oceania, com assistência prestada a um montante de 76.850 usuários, dentre os quais, 72.804 atendimentos clínicos e 4.046 pediátricos.

Confira os endereços das UPAs:

UPA Oceania – Avenida Governador Flávio Ribeiro Coutinho (Retão de Manaíra), nº 70, Manaíra;

UPA Célio Pires de Sá – Rua Estevão Lopes Galvão, s/n, Valentina Figueiredo;

UPA Augusto Almeida Filho – Av. Cruz das Armas, nº 1.296, Cruz das Armas;

UPA Dr. Luiz Lindbergh Farias – Rua Empresário João Rodrigues Alves, s/n, Bancários.

Com Secom JP

Comentar

TCE suspende prazos processuais e inicia recesso nesta segunda-feira

Conselheiro Fernando Catão preside TCE/PB (Imagem Reprodução/Jornal da Paraíba)

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba suspenderá as atividades presenciais a partir de 27 de dezembro com retorno previsto para 07 de janeiro de 2022. O período de recesso foi definido na Portaria Administrativa TC nº 215/2021, publicada no Diário Oficial Eletrônico (DOE) do TCE-PB em 01 de dezembro de 2021, assinada pelo presidente do TCE, conselheiro Fernando Catão. Fica estabelecido ponto facultativo no dia 24 de dezembro (sexta-feira).

Durante o recesso, no período de 27 de dezembro de 2021 a 07 de janeiro de 2022, o Tribunal funcionará em regime de plantão, das 8h às 12h, cumprindo a escala de servidores aprovada pelo Diretor Executivo Geral.

No período do recesso, caberá ao Presidente do TCE-PB a adoção de medidas excepcionais ou de urgência de competência do Tribunal, inclusive a convocação de qualquer servidor.

Prazos processuais suspensos

Conforme Resolução Normativa (RN- nº 09/2021), os prazos processuais ficam suspensos durante o período de 23 de dezembro de 2021 a 23 de janeiro de 2022.

Passaporte de Vacinação

 O TCE-PB passa a exigir o comprovante de vacinação para acesso às dependências da Corte a partir do retorno ao trabalho presencial em 10 de janeiro de 2022, conforme as regras da Portaria (TC Nº: 220/2021;

De acordo com o documento, “fica proibido o acesso às dependências do Tribunal de Contas do Estado daquele que, quando solicitado, se recusar a apresentar comprovante de vacinação contra Covid- 19, físico ou digital, na recepção do Tribunal, competindo à Assessoria de Segurança (ASSEG) a fiscalização do cumprimento desta medida”.

Com Ascom/TCE-PB

Comentar

Paraíba atinge menor taxa de ocupação de leitos para covid-19 desde o início da pandemia

 

Imagem Reprodução

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) informa que, devido à instabilidade nos sistemas e-SUS Notifica e SPI-PNI, não há referentes às doses de vacinas aplicadas neste sábado (25)

A Secretaria de Estado da Saúde (SES) registrou, neste sábado (25), 854 casos de covid-19. Entre os confirmados de hoje, 04 (0,47%) são moderados ou graves e 850 (99,53%) são leves. Agora, a Paraíba totaliza 463.560 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 1.245.906 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.
Também foi confirmado 01 novo óbito desde a última atualização, este ocorrido nas últimas 24 horas, em um hospital privado. Com isso, o estado totaliza 9.584 mortes. O boletim registra ainda um total de 357.587 pacientes recuperados da doença.

  • Dados oficiais preliminares (fonte: Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h, do dia 25/12/2021, sujeitos à alteração por parte dos municípios.

Óbitos

Até este sábado, 222 cidades paraibanas registraram óbitos por Covid-19. O óbito confirmado neste boletim aconteceu no dia 24 de dezembro, no município de João Pessoa. A vítima é um homem, de 90 anos, portador de cardiopatia e doença neurológica.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico), em todo estado, é de 14%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 29%. Em Campina Grande, estão ocupados 02% dos leitos de UTI adulto e no sertão, 20% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 03 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo, 68 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Os dados epidemiológicos com informações sobre todos os municípios e ocupação de leitos estão disponíveis em: www.paraiba.pb.gov.br/coronavirus

Com Assessoria

 

Comentar

Presidente do TCE apresenta relatório sobre situação atuarial da Previdência de 70 municípios paraibanos

A situação financeira, orçamentária e atuarial dos institutos de previdência do Estado e de 70 municípios paraibanos foi apresentada pelo presidente do Tribunal de Contas do Estado, Fernando Rodrigues Catão, durante a última sessão ordinária do Tribunal Pleno. Ele divulgou o segundo relatório de acompanhamento dos Regimes Próprios de Previdência Social, realizado pela Auditoria do Órgão e que abrange os planos capitalizados dos municípios.

O relatório mostrou que em relação à situação atuarial dos 70 institutos municipais de RPPS, 39 apresentam déficit, enquanto que sete mostram-se em equilíbrio e em 24 o os dados resultam em superavit. O resultado atuarial consolidado correspondeu a um déficit de R$ 934.833.063,22, considerando a avaliação atuarial de cada RPPS encaminhada.

Presidente Fernando Catão (Imagem Reprodução/TCE-PB)

Em relação ao quadro financeiro, observou-se, isoladamente, que 56 RPPS (80%) apresentaram incremento em suas disponibilidades. Outros 14 (20%) apresentaram redução. Destaca-se que os RPPS de João Pessoa e Cabedelo juntos concentram mais de 55% dos recursos de todos os RPPS municipais.

Segundo o conselheiro, a avaliação quadrimestral dos RPPS aponta ainda investimentos e adequação à Reforma da Previdência (Emenda Constitucional nº 103/2019), bem como a política de investimentos, o Certificado de Regularidade Previdenciária – CRP, relação entre contribuintes e beneficiários do regime e adequação da legislação no tocante à nova forma de cálculo das despesas administrativas dos RPPS.

O presidente enfatizou que o relatório apresenta riqueza absoluta nos dados e merece atenção, até porque é uma preocupação do TCE, e de todos os cidadãos, zelar pelos institutos próprios de Previdência. Ele demonstrou preocupação em relação ao passivo histórico do RPPS do Estado, que chega aos R$ 34 .7 bilhões, e do município de João Pessoa, na ordem de R$ 3.8 bilhões.

O relatório evidencia o resultado consolidado das atividades de acompanhamento realizadas no primeiro e segundo quadrimestres de 2021, referentes aos RPPS municipais e do Estado da Paraíba. No total, foram elaborados três relatórios de acompanhamento, todos fruto de levantamento realizado pelos Técnicos de Contas Públicas do DEAPP – Departamento de Auditoria de Atos de Pessoal e Previdência – DEAPP e das informações disponibilizadas nos sistemas desenvolvidos pelo TCE (SAGRES e Tramita).

Como resultado da primeira atividade de acompanhamento foi emitido um total de 421 itens de alertas, sendo 159 direcionados aos chefes do Poder Executivo, 10 aos chefes do Poder Legislativo e 252 aos gestores dos RPPS. Referidos alertas, exarados no bojo dos 38 respectivos Processos de Acompanhamento de Gestão.

Veja o Relatório na íntegra:

RELATÓRIO DE ACOMPANHAMENTO – RPPS – 2021

https://tce.pb.gov.br/publicacoes/auditorias-especiais

 

Com Ascom-TCE –PB

( 23-12-2021)

Comentar

TCE acata novo pedido da defesa e julgamento de recurso de Ricardo Coutinho fica para janeiro

Imagem Reprodução da Internet

Reunido mais uma vez em sessão extraordinária, na tarde desta quarta-feira (22), o Pleno do Tribunal de Contas do Estado acatou, por maioria, o pedido de adiamento da sessão especial que vai apreciar as contas anuais do ex-governador Ricardo Vieira Coutinho, relativas ao exercício de 2018 (proc. TC-06012/19). A nova data ficou marcada para o dia 24 de janeiro de 2022, às 10 horas, após o recesso da Corte de Contas.

Antes de iniciar a sessão, que já havia sido remarcada para essa quarta-feira – a pedido da defesa, o relator do processo, conselheiro substituto Oscar Mamede Santiago Melo, apresentou uma nova solicitação em forma de preliminar, que foi feita pelo novo advogado constituído para substituir ao colega Felipe Gomes de Medeiros, sob o argumento de tempo para se inteirar dos autos, que tem uma média de 70 mil folhas.

Ao mesmo tempo, o próprio ex-governador também ingressou com um atestado médico, informando ter se submetido à uma intervenção cirúrgica, devendo ficar convalescente por um período de sete dias. O Ministério Público de Contas posicionou-se contrário ao novo adiamento, reiterando que o processo estaria devidamente instruído e pronto para ser julgado, até porque já houve um adiamento. Mas havendo a concessão, deveria ser para depois do recesso.

O conselheiro Nominando Diniz defendeu o adiamento apenas por uma semana, alegando não haver exigência em relação ao prazo do recesso, podendo assim ser marcada uma sessão extraordinária. A maioria dos conselheiros acompanhou o entendimento do relator, Oscar Mamede Santiago, ao entender que o adiamento reforça a ampla defesa e não vai prejudicar o rito processual, até por se tratar de uma situação excepcional, posição seguida pelos demais.

Nas contas anuais do Governador do Estado, o TCE-PB analisa o exercício das funções políticas de planejamento, organização, direção e controle das políticas públicas. É apreciada, por exemplo, a observância aos limites constitucionais e legais na execução dos orçamentos públicos. O Pleno do TCE aprecia as contas do governador e emite um Parecer Prévio, que será encaminhado ao Poder Legislativo, a quem cabe o julgamento final.

O Pleno do Tribunal de Contas do Estado realiza sua 2337ª sessão ordinária presencial e remota, sob a presidência do conselheiro Fernando Rodrigues Catão, com participações dos conselheiros Arnóbio Alves Viana (averbou impedimento), Nominando Diniz, André Carlo Torres Pontes e Antônio Gomes Vieira Filho. Também dos conselheiros substitutos Oscar Mamede Santiago Melo, Antônio Cláudio Silva Santos e Renato Sergio Santiago Melo. O Ministério Público de Contas esteve representado pelo procurador Manoel Antônio dos Santos Neto.

Com AscomTCE –PB

Comentar