Ricardo Barbosa assume missão de “bombeiro” e prevê conversa decisiva entre João e Veneziano: “Vai dar tudo certo”

Ricardo Barbosa (Imagem Reprodução)

O deputado estadual e aliado do governador, Ricardo Barbosa (PSB), em entrevista ao programa Arapuan Verdade, nesta terça-feira (19), disse que João Azevêdo e Veneziano deverão conversar para resolver os problemas acerca das articulações para as eleições do ano. Segundo o parlamentar, ainda essa semana haverá uma solução para o caso.

“Expus ao govenador meu pensamento sobre esse imbróglio. Veneziano é um companheiro de primeira hora, importante para a vitória dele no primeiro turno, cruzou a Paraíba inteira pedindo voto para esse projeto exitoso. As razões e os motivos eram muito pequenos ao meu ver, para que se estique uma corda que culmine no rompimento. Eu acho que temos que ter maturidade e serenidade para zerar esse jogo”, explicou.

Ainda segundo o parlamentar, esse cenário de especulações em torno de desentendimentos fortalece a oposição. “Precisamos retomar o alinhamento que foi feito entre os dois, com uma parceria que deu resultados para a Paraíba. Essa briga só alimenta e fortalece os adversários. Tenho muita esperança para que haja um realinhamento pleno entre os dois”, disse.

Com Clickpb

Comentar

PMJP aplica terceira dose contra covid-19 em idosos a partir de 61 anos nesta terça-feira

Imagem Secom/JP

A Prefeitura de João Pessoa segue, nesta terça-feira (19), sua campanha de vacinação contra a Covid-19 iniciando a imunização da terceira dose em idosos a partir 61 anos. Além disso, imuniza com a primeira dose adolescentes a partir dos 12 anos com comorbidades, deficiência permanente ou gestantes e puérperas da mesma faixa etária. Adolescentes a partir dos 15 anos sem comorbidades também poderão ser vacinados com a D1.

A Prefeitura também seguirá aplicando a segunda dose nas pessoas que receberam a D1 da Coronavac (Butantan) há mais de 28 dias e Astrazeneca (Fiocruz) e Pfizer há 90 dias.

A vacinação ocorrerá em 17 postos espalhados pela cidade. Nos ginásios, a população poderá ser imunizada das 8h às 12h. Já nos postos do tipo drive-thru, o horário será das 9h às 15h.

Para os públicos que necessitem do agendamento, o processo estará disponível a partir das 19h desta segunda-feira (18) através do aplicativo Vacina João Pessoa ou do site vacina.joaopessoa.pb.gov.br. Com isso, o cidadão assegura ser vacinado no local indicado, com agilidade e todos os cuidados sanitários necessários.

Dúvidas – Quem tiver alguma dúvida pode mandar e-mail para vacinajp@gmail.com ou ligar 98600-4815 (8h às 17h).

Documentação exigida – Para receber a primeira dose da vacina é necessário apresentar documento oficial com foto, Cartão SUS, CPF e comprovante de residência em João Pessoa. Já para a D2 e D3 é necessário o cartão de vacinação e um documento pessoal com foto, além de comprovação documental para trabalhadores de saúde e imunossuprimidos.

No caso da terceira dose para os trabalhadores da saúde, eles devem apresentar um documento de identificação original com foto e documentação comprobatória de vínculo em estabelecimento de saúde de João Pessoa, que pode ser: carteira de trabalho, contracheque ou declaração do estabelecimento de saúde. Os profissionais também deverão apresentar a carteira do respectivo conselho. Vale destacar que a cópia da documentação comprobatória deverá ficar retida no ponto de vacinação para fins de controle dos órgãos fiscalizadores.

A Secretaria Municipal de Saúde (SMS) orienta que para os imunossuprimidos é necessário a apresentação de laudo médico que ficará retido no local a fins de comprovação.

Solidariedade – Os postos de vacinação também estão abertos para receber as doações de alimentos não perecíveis. Após a arrecadação, eles serão distribuídos com instituições de caridade e famílias atingidas pelos efeitos da pandemia. A arrecadação e a distribuição integram uma iniciativa conjunta da Prefeitura de João Pessoa e do Governo do Estado.

Confira os postos de vacinação desta terça-feira (19):

PRIMEIRA DOSE (com agendamento)
– 12 a 17 anos com comorbidade
– 12 a 17 anos com deficiência permanente
– 12 a 17 anos gestantes e puérperas
– 15 a 17 anos sem comorbidade

SEGUNDA DOSE (com e sem agendamento)
Pfizer

TERCEIRA DOSE (sem agendamento)
– Imunossuprimidos (após 28 dias da 2ª dose ou dose única)
– Idosos 61+ (após 180 dias da 2ª dose ou dose única)
– Trabalhadores de saúde (após 180 dias da 2ª dose ou dose única)

GINÁSIOS – 8h às 12h
Escola Professor Oscar de Castro (Cruz das Armas)
Escola Fenelon Câmara (Geisel)
Escola Dom Helder Câmara (Valentina)
Escola Seráfico da Nóbrega (Manaíra)
Ginásio Ivan Cantisani (Tambiá)

DRIVE-THRU – 9h às 15h
Mangabeira Shopping (também para pedestres)

PRIMEIRA DOSE (sem agendamento)
18+ sem comorbidade

SEGUNDA DOSE (sem agendamento)
Butantan

GINÁSIO – 8h às 12h
Escola Durmeval Trigueiro (Rangel)
Escola Leonel Brizola (Tambauzinho)
Lyceu Paraibano (Centro)

DRIVE-THRU – 9h às 15h
UFPB, acesso pelo HU (Castelo Branco)

SEGUNDA DOSE (com agendamento)
Astrazeneca

GINÁSIOS – 8h às 12h
Escola Anayde Beiriz (Bairro das Indústrias)
Escola Papa Paulo VI (Cruz das Armas)
Escola Raimundo Nonato Batista (Gramame)
Centro Cultural Tenente Lucena (Mangabeira)
IFPB (Jaguaribe)
Escola Olívio Ribeiro Campos (Bancários)

DRIVE-THRU – 9h às 15h
Santuário Mãe Rainha (Aeroclube)

Com SECOM-JP

Comentar

Celeiro Espaço Criativo reabre com homenagem ao cantor Gabriel Diniz

Imagem Reprodução/JC Online UOL

O Celeiro Espaço Criativo, local dedicado à promoção e comercialização do artesanato da Paraíba, foi reaberto ao público nesta segunda-feira (18). A partir de agora, o espaço ganha o nome do cantor Gabriel Diniz, que será homenageado com um memorial no local em janeiro. Até lá, uma exposição sobre o artista está aberta ao público.

“Esta tarde tem um grande simbolismo. Gabriel teve curta passagem por esta terra, mas nos marcou com sua alegria e personalidade. Ao homenagear Gabriel homenageamos João Pessoa e uma série de pessoas que não nasceram aqui, mas foram acolhidas pelos braços abertos desta cidade”, afirmou Cícero Lucena.

A abertura do Celeiro Espaço Criativo Cantor Gabriel Diniz acontece na data em que o artista completaria 31 anos. Nascido em Campo Grande, no Mato Grosso do Sul, ele se mudou para a capital paraibana com pouco mais de dois anos de idade.

Na exposição é possível encontrar o primeiro instrumento que Gabriel ganhou do pai, um violão, e o último, um banjo americano. Lá também estão expostos os figurinos mais marcantes, símbolos do estilo inequívoco do cantor, bem como fotos e objetos pessoais.

O pai de Gabriel, Cisenato Diniz, foi um dos responsáveis pela escolha das peças. “Buscamos trazer as peças mais representativas e também aquelas que demonstram a construção dessa personalidade e seu crescimento enquanto músico”, contou. Cisenando ainda falou sobre o sentimento de pertencimento de Gabriel à Paraíba e do orgulho de se dizer paraibano.

Curador do Celeiro, o artista plástico Ilson Moraes falou sobre o fato da chegada do nome de Gabriel Diniz incorporar uma musicalidade ao espaço, antes destinado à arte popular e artesanato. “Vamos abranger este foco, ofertar cursos de música, arte, pintura, escultura, entre outros”, explicou. O local fica situado no bairro do Altiplano e está aberto de segunda à sexta, das 8h às 17h.

O evento contou com apresentação do cantor Luka Bass, acompanhado pela Banda 5 de Agosto. Juntos, eles trouxeram sucessos do cantor como Jenifer, Paraquedas e Acabou Acabou.

Proposta – A nomeação do Celeiro Espaço Criativo em homenagem ao cantor Gabriel Diniz foi uma proposta do vereador Bosquinho aprovada pela Câmara Municipal de João Pessoa (CMJP). A criação da Lei aconteceu em seguida ao acidente aéreo que tragicamente vitimou o artista de 28 anos em 27 de maio de 2019. “Gabriel foi um divulgador de João Pessoa e da Paraíba por onde passou e por isso é bom ver seu nome eternizado aqui”, destacou o vereador.

Medalha Gabriel Diniz – O evento ainda foi momento para entrega da Medalha Gabriel Diniz, criada pela Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) por propositura do deputado estadual Wilson Filho. Receberam a honraria o pai de Gabriel, Cisenato Diniz, e o influenciador digital Renan da Resenha. “A criação desta medalha é um gesto humilde no sentido de homenagear quem abraçou essa terra e a tratou tão bem”, declarou o parlamentar.

Com SECOM-JP

Comentar

Ex-esposa de Ricardo Coutinho “detona” Karla Pimentel e diz que Conde foi vítima de “estelionato eleitoral”

Pâmela e Karla na campanha do Conde

O crescente o grandioso número de apoiadores decepcionados com a prefeita de Conde, Karla Pimentel (PROS). Mais uma aliada de campanha fala abertamente que está arrependida de ter apoiado Karla e diz que quebrou a cara e que prefeita é a maior decepção da política paraibana.

Trata-se da ex-primeira dama do estado da Paraíba e também jornalista, Pâmela Bório, que participou do programa intrometidos, na noite desta segunda-feira, 18/10/2021, afirmando que Karla cometeu estelionato eleitoral, ao nomear ex-rival de campanha para chefia de gabinete, na prefeitura municipal de Conde.

Esse tipo de comportamento né! Numa eleição tá como aliado, noutra tá como inimigo, e em fim… É, eu não concordo com esse tipo, como eu já estava discernindo, discorrendo sobre isso, por quê? Porque eu vejo isso como estelionato eleitoral. Aí eu trago aqui por exemplo agora a situação do Conde. Eu mesmo apoiei a atual prefeita, muita gente apoiou  a atual prefeita, ela estava contra a administração anterior, que era a prefeita Márcia e seus assessores, secretários, obviamente toda estrutura que ela montou no município e agora como é que ela consegue ter a coragem de assinar (nomear) como chefe de gabinete, o vice-prefeito de Márcia Lucena? Então é uma grande decepção. Eu vejo isso como estelionato eleitoral, porque quando você está em campanha e você assume determinada bandeira, determinada direção e combate, que no caso é esse exemplo que eu trago, ela combatia essa outra gestão e agora tá nomeando o vice-prefeito de Márcia Lucena. Eu vejo isso como estelionato eleitoral. Então pra mim é a grande decepção da política paraibana neste momento, é a Karla Pimentel no Conde”. Destacou Bório.

Com um Ar de arrependimento, Pâmela revela que quebrou a cara quando apoiou a Karla Pimentel no Conde. Esse sentimento se reflete internamente, onde outros apoiadores também mostraram em redes sociais suas indignações pela falta de atenção da gestora pós-eleita.

A insatisfação é numerosa e os argumentos não se refletem tão somente no ato político, mas no administrativo também.

Esta semana a ex-prefeita Márcia Lucena destacou em sua rede social que o destravamento dos problemas burocráticos que paralisavam as obras da Escola Municipal Noêmia Alves aconteceu em sua gestão, durante os quatro anos.

Outra decepção para o povo foi ver a prefeita usando de momentos infantis para falar de política, como foi o caso dos festejos do dia das crianças, comemorado na Pousada de Conde e Praça do Mar, em Jacumã, onde ela falava de não atender o pleito dos poderosos, num momento impróprio para tratar e destacar assuntos dos quais crianças não entendem.

Após a demonstração de indignação de Pâmela Bório com a gestora, o que diria Xuxa com essa afronta aos baixinhos, no dia em que se deveria comemorar a soberania da inocência da criança?

Talvez a rainha dos baixinhos mostrasse sua revolta com uma canção típica de seu repertório:

Ilari, ilari, ilariê, oh-oh-oh…

Com portal Condenews

Comentar

Paraíba registra apenas 42 casos e nenhuma morte por covid-19

Imagem Reprodução

Pela primeira vez em 580 dias, a Paraíba não registrou nenhuma morte em decorrência da covid-19 no boletim epidemiológico divulgado diariamente pela Secretaria de Estado da Saúde. Segundo o boletim desta segunda-feira (18), foram registrados somente 42 casos de covid-19, sendo 7 (16,67%) considerados como moderados ou graves e 35 (83,33%) leves.

A primeira morte decorrente de covid-19 na Paraíba foi registrada em 17 de março de 2020. Desde então, os boletins diários traziam sempre registros de novas mortes. No mês de março de 2021, a Paraíba chegou a registrar 73 mortes em um único dia.

A ampliação da cobertura vacinal é o principal fator para a desaceleração dos casos e mortes provocados pela covid-19. O secretário de saúde, Geraldo Medeiros, comemorou o novo marco e comentou que o quadro atual representa “a vitória da ciência se aproximando”.

Agora, a Paraíba totaliza 443.927 casos confirmados da doença, que estão distribuídos por todos os 223 municípios. Até o momento, 1.192.348 testes para diagnóstico da Covid-19 já foram realizados.

Sem novos óbitos desde a última atualização, o estado permanece com 9.371 mortes resultantes de covid-19. O boletim registra ainda um total de 337.149 pacientes recuperados da doença.

  1. * Dados oficiais preliminares (fonte: e-SUS Notifica, Sivep Gripe e SIM) extraídos às 10h do dia 18/10/2021, sujeitos à alteração por parte dos municípios.

Ocupação de leitos Covid-19

A ocupação total de leitos de UTI (adulto, pediátrico e obstétrico), em todo estado, é de 20%. Fazendo um recorte apenas dos leitos de UTI para adultos na Região Metropolitana de João Pessoa, a taxa de ocupação chega a 25%. Em Campina Grande, estão ocupados 15% dos leitos de UTI adulto e no sertão 31% dos leitos de UTI para adultos. De acordo com o Centro Estadual de Regulação Hospitalar, 06 pacientes foram internados nas últimas 24h. Ao todo, 110 pacientes estão internados nas unidades de referência.

Cobertura Vacinal 

Foi registrado no sistema de informação SI-PNI, a aplicação de 4.682.311 doses. Até o momento, 2.939.980 pessoas foram vacinadas com a primeira dose e 1.684.230 completaram os esquemas vacinais, onde 1.616.649 tomaram as duas doses e 67.581 utilizaram imunizante de dose única.  Sobre as doses adicionais, foram aplicadas 3.323 em pessoas com alto grau de imunossupressão e 54.778 doses de reforço na população com idade a partir de 60 anos. O SI-PNI, que informa sobre as doses aplicadas, está fora do ar, portanto os dados de vacinação não foram atualizados neste boletim. A Paraíba já distribuiu um total de 5.459.115 doses de vacina aos municípios.

Comentar

Carro bate em barranco em rodovia da Paraíba e mata criança e adolescente

Imagem Reprodução

Uma criança e uma adolescente morreram neste domingo (17), no município de São Sebastião de Lagoa de Roça, na Paraíba. O acidente aconteceu após o carro em que elas estavam colidir em um barranco.

No mesmo veículo estavam um casal, dois adolescentes e uma criança.e adolescente

O veículo seguia de João Pessoa para o interior do Estado quando a condutora perdeu o controle, o carro rodou na pista e colidiu em um barranco. Os menores que estavam no banco de trás foram projetados para fora do veículo.

A adolescente e a criança morreram ainda no local. O outro adolescente foi socorrido em estado grave. O casal ficou ferido porém sem gravidade.

A Polícia Rodoviária Federal acredita que os menores estavam no banco de trás sem cinto de segurança.

O caso será investigado.

Com Clickpb

Comentar

Cícero autoriza reforma e modernização de escola no Ernani Sátiro

Imagem Divulgação Secom/JP

O prefeito Cícero Lucena assina, nesta segunda-feira (18), às 8h, a ordem de serviço para reforma e modernização da Escola Municipal de Ensino Fundamental Ernani Sátyro, no bairro Ernani Sátiro. O ato contará com a presença da secretária de Educação, América Castro, entre outras autoridades.

Local: Rua Professor José Holmes, 120.
Bairro: Ernani Sátiro.
Localização abaixo:

https://goo.gl/maps/neLBWSiP2nF2RGVA8

Com SECOM-JP

Comentar

Novo decreto da PMJP libera público em até 70% da capacidade de bares, restaurantes, academias e igrejas

Imagem Reprodução/G1 Globo

A Prefeitura de João Pessoa publicou, nesta segunda-feira (18), em seu Semanário Municipal, o decreto Nº 9.833/2021, com vigência temporária de 18 a 31 de outubro de 2021. O documento traz o conjunto de medidas de enfrentamento e prevenção à pandemia da Covid-19. As principais mudanças em relação ao decreto anterior foi o aumento da capacidade de público em bares, restaurantes, academias e nas cerimônias religiosas (missas, cultos, entre outras), que antes era de 50% e agora passa a ser de 70%, seguindo todos os protocolos de segurança.
Continua obrigatória a aferição de temperatura na entrada dos estabelecimentos autorizados a funcionar, bem como a colocação de dispensadores de álcool 70% em locais estratégicos, para que os frequentadores possam fazer a higienização constante.
Confira, abaixo, os principais pontos do novo decreto:
Bares e restaurantes – Durante o período de vigência do novo decreto, os bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e estabelecimentos similares somente poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 6h às até zero hora, com ocupação elevada para 70% da capacidade do local, mantendo-se entre as mesas distanciamento de, no mínimo, um metro. Além disso, permanece obrigatória a colocação de álcool em gel nas mesas, devendo esses estabelecimentos, sempre que possível, prestigiar as áreas livres e abertas, ficando vedada, antes e depois do horário estabelecido, a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio local, cujo funcionamento poderá ocorrer apenas através de delivery ou para retirada pelos próprios clientes, denominada de ‘takeaway’.

Shows – Fica permitida a realização de shows no Município de João Pessoa, com o uso obrigatório de máscaras faciais, disponibilização de álcool 70%, aferição da temperatura corporal na entrada, exigência de apresentação de cartão de vacinação com, no mínimo, a comprovação da primeira dose da vacina, há pelo menos 14 dias, e apresentação de teste de antígeno negativo para COVID-19 realizado em até 72 horas antes do evento, sendo dispensada a apresentação do exame para as pessoas que já se encontrarem com o esquema vacinal completo (duas doses), além de outros protocolos emanados da Gerência de Vigilância Sanitária do Município, devendo, quanto à limitação de público, ser observado o seguinte cronograma:

De 18 a 31 de outubro de 2021, ocupação de 20% da capacidade do local;
De 01 a 30 de novembro de 2021, ocupação de 50% da capacidade do local;
De 01 a 15 de dezembro de 2021, ocupação de 80% da capacidade do local;
A partir de 16 de dezembro de 2021, ocupação de 100% da capacidade do local.

Eventos – Fica autorizada a realização de eventos sociais ou corporativos, de forma presencial, tais como congressos, seminários, encontros científicos, casamentos, formaturas ou assemelhados, além do funcionamento de circos, cinemas e teatros, com o limite de até 50% da capacidade, bem como uso obrigatório de máscaras, disponibilização de álcool 70% e aferição da temperatura corporal na entrada, além de outros protocolos emanados da Gerência de Vigilância Sanitária do Município.

Missas e cultos – As cerimônias religiosas, a exemplo de missas, cultos, entre outras, seguem de forma presencial, com ocupação máxima de 70% da capacidade do local, distanciamento mínimo de um metro entre os fiéis, e com uso obrigatório de máscaras faciais e disponibilização de álcool 70%.
Comércio e serviços – Os estabelecimentos do setor de serviços e o comércio seguem funcionando até dez horas contínuas por dia, sem aglomeração de pessoas e observando as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor. As entidades representativas de classe podem estabelecer horários diferenciados, com início e encerramento da jornada dos funcionários em horários diferentes e alternados. A ideia é reduzir a aglomeração no transporte público.
Educação – As escolas da rede pública municipal ficam autorizadas a funcionar, de forma remota, híbrida (remota e presencial) ou presencial, com distanciamento mínimo de um metro entre alunos e também entre professores e funcionários, bem como uso de máscaras por alunos, professores e demais funcionários, disponibilização de álcool 70% e aferição da temperatura corporal, no momento do acesso às unidades educacionais.

As escolas e instituições privadas dos ensinos infantil, fundamental, médio e cursos livres poderão realizar atividades presenciais para os alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e pessoas com deficiência.
As instituições de ensino autorizadas a funcionar de forma presencial, deverão seguir protocolo de afastamento de professores, funcionários e alunos que apresentem sintomas, bem como das pessoas com quem tiveram contato, evitando a transmissão do coronavírus.

As aulas práticas para os alunos dos cursos superiores poderão ser realizadas presencialmente, observando todas as normas de distanciamento social, o uso de máscaras e a higienização das mãos. Já as escolas e instituições privadas dos ensinos Infantil, Fundamental, Médio e cursos livres poderão realizar atividades presenciais para os alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e pessoas com deficiência.
Todas As instituições de ensino deverão continuar mantendo aulas remotas para seus alunos que não optarem pela forma presencial ou híbrida.
Shoppings centers e centros comerciais – Seguem com funcionamento permitido das 10h às 22h, com exceção dos que estão situados no Centro da cidade, cujo horário é das 9h às 21h. As praças de alimentação dos shoppings centers e centros comerciais passam a funcionar com 70% da capacidade. A administração do local deve assegurar o cumprimento dos protocolos.
Feiras – As feiras livres seguem abertas das 5h às 16h, devendo ser observadas as boas práticas de operação padronizadas pela Legislação Municipal e ainda um maior distanciamento entre as bancas e ampliação dos corredores de circulação de pessoas.

Construção civil – No período compreendido entre 18 de outubro de 2021 e 31 de outubro de 2021, o setor da construção civil poderá funcionar das 7h até 17h, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor.

Academias – Continua liberado o funcionamento, agora com até 70% da capacidade das academias, observando as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor. Fica vedado o uso de chuveiros para banhos dos alunos.

Eventos esportivos – Fica autorizado o retorno de público aos estádios de futebol e ginásios esportivos, com limitação de 20% (vinte por cento) da capacidade do local, distanciamento mínimo de 1 metro entre o público presente, uso obrigatório de máscaras faciais, disponibilização de álcool 70%, aferição da temperatura corporal na entrada, exigência de apresentação de cartão de vacinação com, no mínimo, a comprovação da primeira dose da vacina, há pelo menos 14 dias, e apresentação de teste de antígeno negativo para Covid-19 realizado em até 72 horas antes do evento, sendo dispensada a apresentação do exame para as pessoas que já se encontrarem com o esquema vacinal completo (duas doses). Também fica proibido a venda e o consumo de bebidas alcoólicas no local, além de outros protocolos emanados da Gerência de Vigilância Sanitária do Município.

Praias e parques – Fica proibida a aglomeração de pessoas nas praças, parques, praias e nas calçadas situadas em toda orla, sendo permitida a prática de atividades físicas individuais e em duplas, desde que não envolvam contato físico. É permitida a utilização de barracas, cadeiras, mesas, guarda-sóis e serviços de praia, desde que observado o distanciamento mínimo de 2 metros e o limite de quatro pessoas por mesa, guarda-sol ou barraca, além de outros protocolos da Gerência de Vigilância Sanitária.

Uso da máscara – O uso de máscara permanece obrigatório em ambientes públicos, espaços abertos públicos e transporte de passageiros. Quem descumprir está sujeito a multa de até R$ 50 mil e interdição do estabelecimento por até sete dias. Em caso de reincidência, o prazo de interdição será ampliado para 14 dias e, caso haja nova reincidência, ocorre a cassação do alvará do estabelecimento infrator. Todos os órgãos municipais responsáveis pela fiscalização poderão autuar e aplicar as penalidades.

Com SECOM-JP

Comentar

DEU NO UOL: Férias de juízes custaram R$ 2,4 bilhões em quatro anos

Dados sobre férias de juízes são do CNJ (Imagem Reprodução/Infojus)

Fhilipe Andretta e Giulia Fontes

Do UOL, em São Paulo

Juízes têm direito a 60 dias de férias por ano e, quando não usufruem de tudo, podem pedir uma indenização pelos dias pendentes —ou seja, “vender” parte das férias. O UOL apurou a partir de dados do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) que tribunais gastaram pelo menos R$ 2,42 bilhões em quatro anos —de setembro de 2017 a setembro de 2021— com pagamentos dessa indenização. Não existe ilegalidade, pois se trata de um direito dos juízes.

O valor bancaria por quase 30 anos o programa de distribuição gratuita de absorventes higiênicos, considerando o custo anual de R$ 84,5 milhões estimado pela Câmara. O programa foi vetado pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido). Os recursos também correspondem a quatro vezes o valor que o governo cortou dos investimentos em pesquisas científicas (R$ 600 milhões).

Veja reportagem completa no UOL.

 

Comentar

JOGADA DE MESTRE: Oposição tem nome capaz de derrubar favoritismo de João Azevedo na sucessão estadual de 2022

Bruno Cunha Lima (Imagem Reprodução/Portal Correio)

Um dos homens mais ricos da Europa, dono de uma das cervejarias mais famosas do mundo, vive de forma pacata na tranquila Amsterdã. Enquanto isso, na mesma cidade, um grupo de amigos que vive de pequenos golpes decide arriscar tudo em um plano aparentemente perfeito.
O enredo acima é do aclamado filme “Jogada de Mestre”, que tem como um dia protagonistas o ator Antony Hopikins e nada a ver com os fatos narrados logo abaixo neste artigo, a não ser a semelhante audácia de apostar no imprevisível, contrariando a lógica do momento. 
E a lógica do momento, na política paraibana,  não inclui a figura do jovem prefeito de Campina Grande, Bruno Cunha Lima (PSD). Pelo menos não.no processo da sucessão estadual de 2022. São muitas as razões. Uma delas, por ter sido eleito prefeito em outubro de 2020, estando portanto ainda no primeiro ano de gestão.
Outro empecilho para Bruno é ser “apadrinhado” do ex-prefeito Romero Rodrigues, ainda pré-candidato a governador e comandante do seu partido, o PSD. Se não bastasse, Bruno vive politicamente “à sombra” do primo e ex-senador Cássio Cunha Lima (PSDB), responsável por sua entrada na vida pública.

Lucas Ribeiro e o sonho de assumir Prefeitura de Campina Grande )Imagem Reprodução/Clickpb)

Mas, como toda moeda tem os dois lados, Bruno também reúne atributos para a missão de 2022. E não são poucos. Primeiro, tem uma gestão exitosa, apesar do pouco tempo. Tem também um nome limpo, componente indispensável nós dias atuais para qualquer candidato, e contaria de imediato com apoio de pelo menos metade dos oposicionistas. O restante poderia vir depois, por gravidade.
Bruno, para quem.não lembra, tem como vice o jovem Lucas Ribeiro, filho da senadora Daniella Ribeiro e sobrinho do deputado federal Aguinaldo Ribeiro, pré-candidato a senador na chapa do governador João Azevedo. Aguinaldo disputa a indicação, até agora, com o também deputado federal Efraim Filho (DEM).
Não precisa ser matemático para resolver uma equação “familiar” dessas. A família Ribeiro “ganharia” a prefeitura do segundo maior colégio eleitoral do Estado, sonho antigo do patriarca Enivaldo, em caso de eventual vitória de Bruno nas urnas
As vagas de vice e senador, na chapa oposicionista, ficariam livres para eventuais negociações que reaultassem em adesões de peso.
E alguém duvida do apoio de Cássio, Pedro, Ruy Carneiro e companhia ao projeto? A outra metade das oposições, que incluiria Ricardo Coutinho, Luciano Cartaxo e o PT,  ficaria no chamado eleitorado “flutuante”.
Em outras palavras, Bruno contaria com apoio do grupo Cunha Lima, incluindo Romero, do Grupo Ribeiro e com grandes possibilidades de, no mínimo, carregar metade da outra banda oposicionista.
Sem dúvidas, uma perspectiva bem melhor que a do momento. Resta saber se Bruno toparia o desafio.
Mas, que seria uma jogada de mestre dos adversários de.João Azevedo, isso seria.
Comentar