Com apoio declarado de 16 vereadores, Durval consolida favoritismo para presidir Legislativo

O vereador Durval Ferreira (PP) deu um passo importante em busca de mais um mandato como presidente da Câmara Municipal de João Pessoa ao conquistar apoio público de 16 colegas, entre eleitos e reeleitos.

Além do manifesto lançado na última segunda-feira, com 17 assinaturas, Durval tem a seu favor a decisão do prefeito eleito, Luciano Cartaxo (PT), de não interferir no processo eleitoral da Mesa Diretora.

Se não bastassem esses dois pontos importantes, a candidatura de Durval para presidente do Legislativo é vista como uma espécie de “compensação” ao vereador que abriu mão da vaga de vice, na chapa de Cartaxo, para facilitar a composição das forças que deram suporte à campanha vitoriosa do petista na Capital.

Para quem não lembra, o PP de Durval foi o primeiro partido a fechar acordo com o PT de Cartaxo com aval do ministro Aguinaldo Ribeiro. Na ocasião, o nome do vereador era o mais cotado para a vice, dentro do acordo.

Diante da pressão de outros partidos – como o próprio PPS de Nonato Bandeira – que desejavam integrar a aliança, desde que indicassem o companheiro de chapa de Cartaxo, o PP e Durval recuaram.

Reeleito para mais um mandato, Durval achou-se no direito de pleitear a presidência. Articulou-se com antigos e novos companheiros, criando o bloco com 17 dos 27 vereadores.. Mesmo com maioria folgada, o atual presidente trabalha por mais apoios. “Na verdade, trabalhamos em busca do consenso”, explicou.

Uma escolha sem disputa, independente de quem fosse o presidente, seria o ideal para o futuro prefeito e para o início de legislatura. Não resta dúvida.

Manifesto com 17 assinaturas de apoio a Durval foi lançado na Câmara Municipal

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor