Gervasio se mostra “triste” com exclusão do diretório, revela que tem vários convites, mas evita falar em deixar PMDB

Imagem da Internet

Imagem da Internet

Muita gente esperava que Gervasio Filho “chutasse o pau da barraca”, como se costuma dizer, anunciando sua saída do PMDB em protesto contra a decisão de substituí-lo no diretório municipal de João Pessoa, de onde esperava ser presidente. Nesta segunda-feira, ao quebrar o silêncio, Gervasio mostrou-se “triste” com a situação e explicou que não tinha “cara” para comparecer à convenção sem poder constatar que a verdade prevaleceu, no episódio do suposto acordo que teria feito com Manoel Júnior e a cúpula do partido.

“Dói muito saber que dediquei a vida inteira a esse partido que me excluiu. Isso me magoa muito”, lamentou o parlamentar peemedebista.

Gervasio explicou que não pode fazer nada em relação ao que já foi decidido, mas também não disse o que pretende fazer de agora em diante. Experiente, embora ainda jovem, o deputado sabe que a infidelidade partidária é prevista em lei e pode ameaçar seu mandato. Por isso, quer agir com cautela, procurando uma maneira de mudar de partido sem correr riscos. Mesma preocupação de Trócolli Júnior, seu fiel escudeiro que também está com um pé fora do PMDB.

Mesmo com os convites de outros partidos que recebeu, Gervasio ainda deve respirar o “ar peemedebista” nos próximos dias, antes de anunciar uma decisão.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor