Lula j trata Eduardo Campos como adversrio e prepara confronto com socialista em Pernambuco

A disposio do ex-presidente Luiz Incio Lula da Silva (PT) para reforar o palanque da presidente Dilma Rousseff (PT) – candidata reeleio em 2014 – em Pernambuco total. Para isso, ele promete deixar no passado todas as demonstraes pblicas de afeto que fez ao governador Eduardo Campos (PSB), tratado agora como adversrio.

Em vdeo publicado ontem pelo Blog de Jamildo, o ex-presidente promete vir a Pernambuco para fazer campanha para sua candidata, o que deve tornar complicada a vida eleitoral de Campos.

Meus companheiros de Pernambuco podem me esperar!, promete Lula, no vdeo feito na ltima tera-feira (29), aps a sesso solene que comemorou os 25 anos da Constituio, no Senado Federal.

A recente pesquisa realizada pelo IPMN/JC apontou que o ex-presidente est nas cabeas dos eleitores quando o assunto eleio. Ele o preferido dos pernambucanos, vencendo o prprio governador.

Ontem, Lula atacou a principal aliada de Campos, a ex-senadora Marina Silva, afirmando que ela precisa receber lies de Economia.

Minimizando as declaraes do ex-presidente, Eduardo Campos negou que estivesse preocupado com as investidas do ex-padrinho. Dizendo-se tranquilo, o governador assegurou que a relao com Lula permanece inabalvel.

Estou tranquilo. Tenho uma relao com o presidente Lula que vai alm das relaes polticas, conjunturais e eleitorais. Essa relao ficou inteiramente preservada quando vivemos a situao de palanques que no eram os mesmos e nem por isso ns deixamos de ter uma relao de grande respeito que continua viva, disse Campos, referindo-se campanha de 2012, quando ele bancou a eleio do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), e o PT teve como candidato o senador Humberto Costa.

Lula e Eduardo foram parceiros nas eleies de 2006 e 2010 em Pernambuco, quando o socialista foi eleito e reeleito. Em 2012, o ex-presidente no veio ao Estado reforar o palanque de Humberto para evitar atritos com Campos.

Na poca, a Executiva nacional do PT avaliou que seria melhor que Lula no viesse ao Estado para evitar melindrar Eduardo e garantir apoio reeleio da presidente Dilma.

VENCER O SCULO

O governador Eduardo Campos tambm afirmou ontem que o Brasil precisa aproveitar o momento atual, propcio ao crescimento, para no perder esse sculo. O Brasil vive um momento importante da sua histria. Ns temos 20 anos de janela demogrfica para organizar as coisas no Brasil se a gente no quiser perder esse sculo, disse.

Ao citar a janela demogrfica, Campos fez referncia ao perodo em que a populao economicamente ativa do Pas supera a populao dependente, fase considerada propcia ao crescimento econmico.

O governador disse ainda que no se pode mergulhar o Pas num debate medocre de dios, em referncia s discusses polticas que devero ocorrer at as eleies do prximo ano.

Com Jornal do Comrcio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor