Paraíba pode perder R$ 20 milhões mensais com transferência de cargas da Petrobras do Porto de Cabedelo para Suape

Imagem da Internet

Imagem da Internet

O deputado estadual João Gonçalves (PSD) alertou, na manhã desta quarta-feira, que a cidade de Cabedelo pode perder R$ 3 milhões mensais e a Paraíba R$ 20 milhões mensais com a decisão da Petrobras de transferir para Suape, em Pernambuco, a cabotagem e tancagem de combustíveis do Porto de Cabedelo. Gonçalves prevê ainda desabastecimento e desemprego com a medida, além do aumento de preço dos combustíveis.

Gonçalves esteve, junto com o deputado federal Hugo Mota (PMDB), o prefeito de Cabedelo, Leto Viana e cinco vereadores, na sede da Petrobras, no Rio de Janeiro, onde discutiu com a direção da empresa alternativas para a portaria baixada recentemente. Segundo o deputado, é preciso suspender os efeitos dessa portaria para se buscar outros meios de evitar o prejuízo à Paraíba. “Para se ter ideia, seria necessário 200 caminhões com combustível de Suape para a Paraíba. Somente assim o abastecimento no Estado seria mantido. Outros Estados como Rio Grande do Norte e Alagoas também seriam prejudicados”, sustentou o parlamentar paraibano.

Segundo Gonçalves, o assunto deve constar da pauta de reivindicações que o governador Ricardo Coutinho (PSB) discutirá com a presidente Dilma Roussef. “Só assim poderemos reverter esse quadro. Acho que a Paraíba não pode nem deve servir de laboratório ou cobaia nesse processo”, protestou.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor