Cartaxo volta a mandar “recado” e quer definição de candidato das oposições em janeiro

Imagem da Internet

O prefeito Luciano Cartaxo (PSD) já provou que de besta não tem nada e, ao contrario do que muitos pensam, não quer correr riscos desnecessários. Talvez por isso insista em cobrar das oposições a definição do candidato a governador agora, em janeiro.

Cartaxo quer garantir que terá pelo menos apoio do PSDB, do Grupo Cunha Lima. Do presidente do partido, Ruy Carneiro, ele tem faz tempo. È só perguntar ao prefeito Romero Rodrigues para constatar.

Cartaxo sabe que, a preço de hoje, não terá apoio do senador José Maranhão, candidatíssimo à sucessão estadual pelo PMDB. Quer compensar a perda com votos dos tucanos, comandados pelo senador Cássio Cunha Lima.

Nesta sexta-feira Cartaxo mandou mais um “recado” aos colegas de oposição. Disse que mantém o mês de janeiro como prazo máximo para as decisões. Aliás, para a decisão sobre candidatura ao Governo do Estado.

O prefeito quer entregar o restante de mandato ao vice, Manoel Júnior, que é do PMDB, como pré-candidato das oposições. E há quem diga que ele poderá até antecipar a saída, prevista para abril, visando intensificar as viagens pelo interior do Estado.

É a movimentação para o jogo de 2018.

Comentar

Ricardo Coutinho entrega obras de pavimentação e inspeciona restauração da PB-018 no Litoral Sul

Imagem da Internet

O governador Ricardo Coutinho vai inaugurar, neste sábado (16), as obras de pavimentação em paralelepípedos dos acessos às praias de Carapibus I e II, Tabatinga I e II, Praia do Amor e Praia Bela, a partir da rodovia PB-008, no Litoral Sul do Estado, além de inspecionar a restauração da PB-018 – trecho que liga a BR-101/Conde/Jacumã. O governador estará acompanhado do secretário João Azevedo, da Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente e Ciência e Tecnologia, do superintendente do DER, Carlos Pereira de Carvalho e Silva, e demais diretores do órgão.

Com uma extensão total de 3,7 km, os acessos já foram todos concluídos e prontos para a inauguração. Nas seis obras, o Governo do Estado investiu com recursos próprios R$ 3.024.542,00, contemplando diretamente uma população de 50 habitantes do Conde, além de milhares de turistas que frequentam aquele centro balneário do litoral sul do Estado.

Com a construção dos acessos, mais uma obra de mobilidade urbana do Governo do Estado, juntamente com outras ações, incentiva o crescimento do turismo no litoral sul do Estado, cria oportunidade de novos negócios na região, melhora a qualidade de vida e segurança da população e dos turistas que frequentam o local.

Foram executados serviços de terraplenagem em cortes e aterros, sistema de drenagem para águas pluviais e subterrâneas, pavimentação em paralelepípedo e sinalização vertical e turística.

Comentar

Câmara Municipal do Conde aprova Voto de Repúdio à deputada por discurso sobre atuação da polícia paraibana

Imagem da Internet

O pronunciamento da deputada Estela Bezerra (PSB) na Assembleia Legislativa, referindo-se à atuação da polícia paraibana, continua lhe rendendo dissabores. Depois de ser censurada por colegas, profissionais de imprensa e representantes dos policiais, Estela foi repudiada na cidade do Conde, no Litoral Sul, um de seus principais redutos eleitorais.

O Voto de Repúdio foi aprovado na última segunda-feira (11), pela Câmara Municipal. O requerimento 314/2017 é de autoria do vereador Malbatahn Filgueiras Neto, conhecido como Malba de Jacuman.

Mas, não é muito comum a Câmara Municipal do Conde aprovar esse tipo de “homenagem”, pelo menos na atual legislatura. Para se ter ideia, em 2017 apenas dois casos foram registrados e nem o fato da prefeita Márcia Lucenma, que tem maioria na Casa, ser sua aliada evitou que Estela fosse uma das “agraciadas”.

Abaixo, a decisão dos vereadores:

Requerimento aprovado no Conde

Comentar

PODEMOS, SIM! Jandhuy Carneiro ignora “ordem” da direção nacional e cita decisão judicial em seu favor

O deputado estadual Jandhuy Carneiro, presidente do Podemos na Paraíba, ignorou a determinação da direção nacional para não celebrar nenhuma aliança com outros partidos visando as eleições de 2018. Carneiro vinculou a nota divulgada pela assessoria de imprensa do diretório nacional, assinada pela presidente Renata Abreu, à decisão do Tribunal de Justiça da Paraíba que o manteve no comando do diretório estadual.

Carneiro deixou bem claro que não cumprirá a “ordem” e continuará negociando alianças que garantam o crescimento do Podemos no Estado, a partir do resultado do pleito do ano que vem. “O presidente sou eu e tenho autonomia para fazer o que bem entender. Já ganhei na Justiça. Por isso eles estão insatisfeitos”, afirmou.

Esse jogo não pode ser um a um.

Comentar

Gervasio diz que ausência de Cartaxo não surpreende e cobra conclusão de obras: “Nem o pontilhão da Beira Rio concluiu”

Imagem da Internet

O presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervasio Maia (PSB), disse que a ausência de Luciano Cartaxo (PSD) na reunião com o governador Ricardo Coutinho (PSB), nesta quinta-feira, não lhe surpreendeu diante da “lentidão” do gestor, inclusive na execução de obras. Segundo Maia, o atual prefeito conduz uma gestão “gélida”, com pouca coisa a mostrar além de pequenas intervenções inconclusas.

“Nem mesmo o pontilhão da Avenida Beira Rio ele conseguiu concluir. É uma gestão gélida, que retrata bem as atitudes do prefeito”, avaliou o deputado socialista, no Palácio da Redenção, após comparecer ao encontro para discutir o impasse envolvendo a instalação do Home Center do Grupo Ferreira Costa em João Pessoa.

Maia lembrou ainda que o Governo do Estado tem um volume de obras bem mais significativo na Capital do que a Prefeitura Municipal, na atual gestão. “Temos aí o Viaduto do Geisel, o Centro de Convenções, o Trevo das Mangabeiras, entre tantas outras obras de mobilidade urbana que caberia à administração municipal executar”, sustentou.

Contra fatos….

Comentar

NÃO PODEMOS! Direção nacional proíbe deputado de fazer alianças eleitorais na Paraíba

Imagem da Internet

O deputado Jandhuy Carneiro respirava aliviado após vencer batalha judicial travada com a direção nacional de seu próprio partido para permanecer na presidência do diretório da Paraíba. A tranquilidade foi quebrada nesta quinta-feira por uma nota assinada pela presidente do diretório nacional, Renata Abreu. No documento, a dirigente proíbe Carneiro de celebrar alianças políticas com outros partidos. Qualquer mobilização nesse sentido, a partir de agora, dependerá de autorização da nacional.

“O Podemos tem um compromisso com o projeto político que propõe uma alternativa para o país, com a pré-candidatura de Alvaro Dias à Presidência da República. Qualquer negociação só pode ser realizada ou autorizada pela Executiva Nacional”, diz um trecho da nota.

A decisão jogou um “balde de água fria” nas pretensões do deputado, que já vinha articulando uma coligação com PSL, PSDC e Solidariedade. Até projeções de resultados da aliança nas eleições proporcionais de 2018 foram feitas. Juntos, os quatro partidos esperavam eleger pelo menos quatro deputados estaduais e dois federais.

Jandhuy achava que podia. Depois da nota, viu que não pode.

SUSTO

A promotora de Justiça Ismânia do Nascimento Nóbrega levou um grande susto na tarde desta quinta-feira. Ela tentou desviar de uma moto e acabou capotando o veículo que dirigia no trajeto de João Pessoa à Campina Grande. Ismânia foi socorrida para o Hospital de Trauma da Capital paraibana, onde recebeu atendimento. A filha da prefeita de Mamanguape, Maria Eunice (PSB), passa bem.

IMPROBIDADE

O deputado Nabor Wanderley (PMDB) enfrenta novamente problemas com a justiça. O Ministério Público Federal (MPF) entrou com uma ação de improbidade administrativa contra ele por contratação de Oscips quando era prefeito de Patos. As Oscips envolvidas são o Centro de Geração de Empregos (Cegepo), em 2005, e o Instituto de Desenvolvimento Socioeconômico, Científico, Ambiental e Tecnológico (Interset), em 2006, 2007 e 2008. Ambas não mais se encontram em atividade, segundo consulta feita pelo MPF à Receita Federal.

INJUSTIÇA

Levantamento da Revista Veja mostra que o Poder Judiciário gastou nada menos que R$ 105,27 milhões em auxílios a juízes e desembargadores. A soma inclui ajudas de custo com moradia, saúde e alimentação. A Justiça estadual concentra a maior parte dessa cifra (76 milhões de reais), seguida pela Justiça do Trabalho (17,8 milhões de reais) e a Justiça Federal (11 milhões).

Enquanto isso…

INFANTILIDADE

O vereador Marmuthe Cavalcanti (PSD) concluiu ter chegado a hora da gestão de Luciano Cartaxo olhar mais para a Juventude. E resolveu dar sua contribuição, sugerindo a criação de mais uma secretaria municipal específica para cuidar das crianças e dos adolescentes. Os cargos do futuro secretário e seu adjunto custariam mais R$ 27 mil mensais ao contribuinte, somente de salários. Em tempos de crise econômica, a proposta soa como infantilidade.

Comentar

Assembleia Legislativa define Comissão Representativa que vai trabalhar durante recesso

Imagem da Internet

O presidente da Assembleia Legislativa, Gervásio Maia (PSB), designou os nomes dos parlamentares que farão parte da Comissão Representativa de Recesso da Casa, formada por 12 parlamentares titulares e 12 suplentes.

Além do presidente Gervásio, são membros titulares da Comissão, os deputados Ricardo Barbosa (PSB), Frei Anastácio (PT), Hervázio Bezerra (PSB), João Gonçalves (PDT), Edmilson Soares (PEN), Raoni Mendes (DEM), Camila Toscano (PSDB), Bruno Cunha Lima (PSDB), Renato Gadelha (PSC), Raniery Paulino (PMDB) e Daniela Ribeiro (PP).

Os deputados suplentes escolhidos para a Comissão foram: Bosco Carneiro (PPS), Estela Bezerra (PSB), Anísio Maia (PT), Branco Mendes (PEN), Américo Cabral (Avante), Artur Filho (PRTB), Zé Paulo (PSB), Emano Santos (Podemos), Janduhy Carneiro (Podemos), Eliza Virginia (PSDB), Nabor Wanderley (PMDB) e Galego Souza (PP).

A Comissão Parlamentar de Recesso foi criada através do ato da Mesa Diretora 04/2014 e atende ao artigo 12 do Regimento Interno da Assembléia Legislativa, que disciplina a constituição da mesma. Compete zelar pelas prerrogativas do Poder Legislativo durante o período de recesso.

Entre suas atribuições estão zelar pela preservação da competência legislativa da Assembléia em face da atribuição normativa dos outros Poderes, autorizar o Governador ou o Vice-Governador a ausentar-se do Estado e conceder licença a Deputado.

Comentar

FERREIRA COSTA: Cartaxo não vai à reunião e Ministério Público entra no caso para garantir investimentos na Paraíba

Imagem da Internet

O Palácio da Redenção (imagem acima) foi palco da reunião do governador Ricardo Coutinho (PSB), empresários do Grupo Ferreira da Costa, do comércio, do Ministério Público e da Câmara Municipal de João Pessoa. Mas, o prefeito Luciano Cartaxo (PSD), mesmo ausente, foi protagonista do encontro. Cartaxo foi criticado por quase todos os presentes e acabou dificultando uma solução para o impasse envolvendo o grupo empresarial pernambucano, que deseja instalar um Home Center na estrada de Cabedelo.

Ricardo pretendia mediar uma solução para desembargo da obra, paralisada por decisão da Prefeitura de João Pessoa. Não conseguiu porque Cartaxo não foi nem mandou representante. Ainda por cima, mandou a visar que, sem a documentação que ainda faltaria ser apresentada, não tem conversa. O governador recebeu dos empresários cópia de tudo que consta do processo protocolado na PMJP e disse que não encontrou pendências que justifiquem o embargo.

“O prefeito Cartaxo cria um problema e foge, ao invés de buscar uma solução. Isso é muito grave. A Paraíba não pode abrir mão de investimentos superiores a R$ 100 milhões, além dos mais de 500 empregos que serão gerados”, sustentou Coutinho, após a reunião.

A “bola” agora está com o Ministério Público. O promotor do Meio Ambiente da Capital, José Farias, usou o termo “procedimento preparatório” para retomar o entendimento entre o Grupo Ferreira Costa e a Prefeitura de João Pessoa para definir o próximo passo do processo em busca de uma solução para o problema. As partes serão ouvidas durante reunião, na próxima semana, e num prazo de dez dias o representante do MP espera ter um desfecho final positivo.

A Paraíba inteira também espera.

UNIÃO POLÍTICA

O presidente da Câmara Municipal de João Pessoa, Marcus Vinicius (PSDB), cumpriu o prometido e foi ao Palácio da Redenção participar da reunião. Mas, ficou pouco tempo por causa de um compromisso que tinha no Ministério Público. Antes de deixar o local, Vinicius sugeriu a união de forças políticas em nome da Paraíba. Desta vez não falou em palanque único para 2018.

TCE SUSPENDE CONTRATO

O TCE mandou suspender contrato celebrado pela Prefeitura de Mamanguape com o Escritório Paraguay Ribeiro Coutinho Advogados Associados, objetivando a recuperação de valores devidos ao município pela Agencia Nacional de Petróleo, a título de Royalties. A auditoria do órgão constatou ausência de comprovação da notória especialização e inexistência de natureza singular do serviço na operação, o que levou a 1ª Câmara a emitir Medida Cautelar, nesta quinta-feira, suspendendo os efeitos da Operação.

BOLA CHEIA

O governador Ricardo Coutinho (PSB) marcou ponto ao tentar mediar o impasse envolvendo o grupo empresarial Ferreira Costa, que deseja se instalar na Paraíba. O vereador Marcus Vinicius também, ao comparecer ao Palácio da Redenção acompanhado de vereadores que fazem oposição ao prefeito Luciano Cartaxo (PSD). Ambos priorizaram a necessidade da paraíba de atrair investimentos que gerem emprego e renda, em detrimento das disputas políticas.

BOLA MURCHA

Até mesmo aliados de Cartaxo reconhecem que a rejeição dos R$ 120 milhões em investimentos e dos mais de 500 empregos que poderão ser gerados pelo Grupo Ferreira Costa trará sérios prejuízos, financeiros e político-eleitorais. A impressão que passa é que o prefeito estaria retaliando um aliado do governador Ricardo Coutinho (PSB). Se não tivesse radicalizado e buscasse o entendimento, talvez pudesse até justificar sua auto-denominação de “prefeito do diálogo”. Pelo menos nesse episódio.

Comentar

CASO FERREIRA COSTA: Marcus Vinicius decide participar de reunião com governador

Imagem da Internet

A grande surpresa da reunião do governador Ricardo Coutinho (PSB) com representantes do grupo empresarial Ferreira Costa, nesta quarta-feira, não será a ausência do prefeito Luciano Cartaxo (PSD) e sim a presença do vereador Marcus Vinicius (PSDB), presidente da Câmara Municipal de João Pessoa.

Homem de diálogo, Vinicius não exitou em aceitar convite do Palácio da Redenção para o encontro e defende uma saída conciliada para o impasse. Quer que a legislação seja respeitada, sem a perda dos empregos que o grupo Ferreira Costa está oferecendo.

IMPOSITIVAS

O vereador Ronivon Mangueira (PMDB) comemora a apresentação de suas emendas impositivas no Orçamento de 2018. A maior parte dos recursos foi destinada à pavimentação das ruas: Rangel Travassos, 14 de julho e Moura Rangel, no bairro do Rangel, além da Luzia Pedrosa e Horácio Trajano de Oliveira, no Cristo Redentor. Mangueira também destinou recursos para o Trauminha, de Mangabeira.

EMANCIPAÇÃO

O andamento do processo de cassação de Luiz Antonio, prefeito interino de Bayeux, continua gerando lances esquisitos. O depoimento do gestor teria sido marcado para esta sexta-feira (15), feriado de emancipação política da cidade. Ninguém assume a autoria, mas dizem que a coincidência de datas foi ideia do presidente (vereador Lico) e do relator (Wedson Orelha) da Comissão Processante.

PROIBIÇÃO

A Câmara Municipal de Santa Rita tomou importante decisão sobre uma das anomalias da “Era PT”. Aprovou lei proibindo o ensino de ideologia de gênero nas escolas municipais públicas e privadas. A lei veda também “exposições públicas de caráter didático e pedagógico, ou distribuição de material que contenha conteúdo impróprio”.

Comentar

Curtas e Grossas de uma quarta-feira de decisões

MISTÉRIO DECIFRADO

O secretário Zenedh Bezerra, da Articulação Política, entregou ao presidente Marcus Vinicius mensagem do prefeito Luciano Cartaxo que trata da unificação salarial dos agentes fiscais, na manhã desta quarta-feira. Com isso, tá explicada a repentina visita do auxiliar, presidente do PMN na Paraíba, à Câmara Municipal. Portanto, nada tem a ver com a rebeldia do vereador Waldir Dowsler, o Dinho (PMN).

PREOCUPAÇÃO

Notícia de bastidores provocou preocupação na família Santos. Segundo pessoas ligadas ao prefeito Luciano Cartaxo, na reforma administrativa prevista para a segunda quinzena de dezembro estaria contabilizada a saída do deputado-pastor Juthay Menezes, presidente do PRB, atual secretário da PMJP. Se confirmada a operação, o também pastor Emano Santos deve voltar à suplência, se despedindo da Assembleia Legislativa.

AMPARADOS

Os deputados estaduais Lindolfo Pires e Trócolli Júnior já receberam vários convites de filiação. Os dois estão de malas prontas para desembarcar do PROS, após o comando do partido ser entregue ao empresário André Amaral, pai do deputado federal de mesmo nome, do PMDB. Mas, pelo menos Trócolli continua alimentando a possibilidade de continuar onde está, desde que o PROS se mantenha aliado do governador Ricardo Coutinho.

LOA EM PAUTA

O vereador Dinho pode apresentar nesta quinta-feira (14) seu voto pela aprovação da Lei Orçamentária Anual da Prefeitura de João Pessoa, exercício 2018. Mas, com algumas alterações. Pelo que se tem notícia, o prefeito Luciano Cartaxo terá dificuldades para aprovar o projeto original. Várias falhas foram apontadas, não só pelos adversários, mas também pelos próprios aliados.

REFORMA

Vazou informação sobre a reforma que Cartaxo pretende fazer na segunda quinzena de dezembro. E, pelo que dizem, não é só Juthay Menezes que estaria limpando as gavetas. Na lista de supostos atingidos pelas mudanças, estariam também: Diego Tavares (IPM), Zenedh Bezerra (Articulação Política), Lucius Fabiani (Emlur), Socorro Gadelha (Habitação), Olenka Maranhão (Trabalho e Renda) e Josival Pereira (Comunicação).

CAMPANHA

As mudanças seriam uma espécie de “transição” para o vice, Manoel Júnior (PMDB), começar a montar sua equipe. Alguns nomes deverão deixar os cargos para integrar a equipe de campanha do atual prefeito, candidatíssimo ao Governo do Estado em 2018. A sintonia entre Cartaxo e Manoel Júnior impressiona até mesmo os adversários.

RUBRONEGRO

O Flamengo vai com tudo para cima do Independientes, da Argentina, logo mais à noite. Como rubronegro, estarei na torcida por mais uma vitória brasileira. Uma vez Flamengo, sempre Flamengo.
Por hoje é só.

Comentar