João Pessoa segue com segunda dose e inicia vacinação de pessoas com 48 anos ou mais

A Prefeitura de João Pessoa inicia neste sábado (19) a vacinação de primeira dose para pessoas com 48 anos ou mais. Exclusivamente para esse público-alvo serão disponibilizados sete postos de imunização- cinco ginásios (9h às 13h) e dois drive-thru (9h às 15h).  A segunda dose terá sequência em três postos – UFPB e Unipê para quem tomou Astrazeneca (Fiocruz) há 90 dias; e Lyceu Paraibano para Coronavac (Butantan), há 28 dias.

As pessoas deverão agendar previamente, tanto para a primeira quanto para a segunda dose, através do aplicativo Vacina João Pessoa ou do site vacina.joaopessoa.pb.gov.br. Com isso, o cidadão assegura ser vacinado no local indicado, com agilidade e todos os cuidados sanitários necessários.

Para receber a primeira dose da vacina é necessário apresentar documento oficial com foto, Cartão SUS, CPF e comprovante de residência em João Pessoa. O cidadão que for tomar a segunda dose precisa levar apenas o cartão de vacinação indicando a data da primeira e documento com foto.

Transporte gratuito – As pessoas que necessitarem de deslocamento de um bairro a outro para tomar a vacina, podem utilizar os serviços gratuitos dos aplicativos 99 e Uber, em parceria com a Prefeitura de João Pessoa e Governo do Estado, respectivamente.

Para garantir o acesso ao serviço da 99, o cidadão que usar a plataforma deverá acessar o aplicativo, na categoria 99 Pop, e inserir o código promocional ‘Promocodes’, destinado exclusivamente ao transporte até os pontos de vacinação em João Pessoa. O código que deverá ser inserido no aplicativo Uber é o VACINAPB e cada usuário só pode inseri-lo uma vez, garantindo a gratuidade para as duas viagens que devem chegar até R$ 25, cada.

Solidariedade – Os postos de vacinação também estão abertos para receber as doações de alimentos não perecíveis. Após a arrecadação, eles serão distribuídos com instituições de caridade e famílias necessitadas, atingidas pelos efeitos dessa pandemia. A arrecadação e a distribuição integram uma iniciativa conjunta da Prefeitura de João Pessoa e do Governo do Estado.

Postos de vacinação contra Covid-19 – sábado (19):

PRIMEIRA DOSE
48 anos ou mais
9h às 13h
– Escola Papa Paulo VI (Cruz das Armas)
– Escola Raimundo Nonato (Gramame)
– Tenente Lucena (Mangabeira)
– IFPB (Jaguaribe)
– Escola Leonel Brizola (Tambauzinho)
9h às 15h
– Santuário Mãe Rainha, Aeroclube (drive-thru)
– Mangabeira Shopping (drive-thru e pedestres)

SEGUNDA DOSE (9h às 13h)
Astrazeneca/Fiocruz – para quem completou 90 dias da 1ª dose
– UFPB – acesso HU, Castelo Branco (drive-thru e pedestre)
Coronavac/Butantan – para quem completou 28 dias da 1ª dose
– Lyceu Paraibano, Centro (pedestres).

Com Secom/JP

Comentar

Ao lado do ministro, Cícero Lucena entrega Residencial Vista do Verde II e garante que mais obras virão

­

Mais 192 famílias vão poder morar em um espaço com segurança, dignidade e qualidade de vida. Elas vão habitar o Residencial Vista do Verde ll, no Bairro das Indústrias, entregue na manhã desta sexta-feira (18) pelo prefeito Cícero Lucena, o vice-prefeito Leo Bezerra e o ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho.
“Como prefeito, tenho a oportunidade de viver a rotina da cidade e tudo aquilo que vem pra melhorar a vida das pessoas nos renova. A casa própria é algo fundamental e o desafio que estabelecemos é iniciar a construção de quatro mil unidades ainda este ano. Com a diferença de que nossa política traz a habitação acompanhada de escola, PSF, vaga na creche e trabalho social. É uma obra de engenharia social e que traz esperança de um futuro melhor”, declarou o prefeito Cícero Lucena, que esteve acompanhado da primeira-dama Lauremília Lucena.
O ministro Rogério Marinho destacou a implantação de um programa habitacional que cobre todo o Brasil. “Esta obra é um símbolo desse trabalho, pois estava paralisada desde 2015, e fizemos um esforço para concluí-la, e fazer a sua entrega é extraordinário. A parceria com a Prefeitura é benéfica e estamos conversando com o prefeito para fazermos novas parcerias para contratarmos novos empreendimentos na cidade ainda este ano”, revelou.
O deputado federal Aguinaldo Ribeiro afirmou que é no lar onde se cultiva a família, que acredita ser a base de tudo. “Está obra é fruto de uma parceria que vai se ampliar e os gestores podem contar conosco, no Congresso, para contemplar cada vez mais pessoas com moradias”, declarou.
Durante a solenidade foi feita a entrega simbólica de chaves a um grupo de 12 famílias, que representaram todos os moradores do novo condomínio. Segundo a secretária de Habitação do Município, Socorro Gadelha, a partir da próxima segunda-feira (21), os demais contemplados vão receber suas respectivas chaves, obedecendo a um calendário organizado pela Equipe Técnica e Social da Secretaria de Habitação Municipal.
Leonardo Figueiredo, de 29 anos, foi um dos beneficiados com a casa própria. Ele morava de aluguel com a esposa e dois filhos pequenos, e agora recebe sua casa própria. “Muda tudo na minha vida por eu ser cadeirante e na minha casa anterior a acessibilidade era muito ruim. Agora está tudo apropriado, adaptado, e eu só tenho a agradecer”, afirmou.
Estrutura – O Residencial Vista do Verde II fica localizado no Bairro das Indústrias, em uma área beneficiada com transporte coletivo, escolas, creches e posto de saúde nas proximidades. O empreendimento foi construído pela Prefeitura de João Pessoa em parceria com o Governo Federal, através da Caixa, com um investimento de R$ 18 milhões.
O condomínio conta com 192 apartamentos distribuídos em 12 blocos. Cada unidade tem 44 metros quadrados de área útil com sala, dois quartos, cozinha, banheiro e área de serviço.
O residencial vai abrigar famílias que moravam em condições precárias em áreas de risco, ocupações, comunidades e pessoas inscritas no Programa Habitacional da Prefeitura. A solenidade de inauguração foi no condomínio e tudo foi programado de acordo com um cronograma de atividades para evitar aglomeração, obedecendo todas as recomendações sanitárias por causa da pandemia.
Ainda estiveram presentes na solenidade o secretário nacional de Habitação, Alfredo dos Santos, a superintendente de Rede da Caixa, Daniela de Luna e a secretária municipal de Habitação, Socorro Gadelha.

Com Secom/JP

Comentar

Religioso reconhece trabalho de Ruy em favor de instituições filantrópicas: “Ajuda aos que mais precisam”

 O deputado Federal Projeto Ruy Carneiro visitou nesta quinta-feira (17), a Fundação São Padre Pio de Pietrelcina para garantir novamente a liberação de R$ 150 mil destinados à instituição. A Fundação é fundamental no atendimento e assistência às crianças, adolescentes, idosos que estão em situação de extrema vulnerabilidade. O dinheiro destinado à instituição deve contribuir para a continuidade do trabalho assistencial.

Durante a visita, Padre George Batista, que é o líder da Comunidade Filhos da Misericórdia, falou sobre o trabalho feito na Fundação que atua na área da saúde, da educação e no acolhimento de crianças, mulheres e idosos, mostrando como é possível melhorar essa assistência. “Queremos mostrar esse trabalho tão bonito, que oferta lar, carinho e cuidado para crianças em situação de vulnerabilidade, grávidas, moradores de ruas, idosos, na tentativa de conseguir apoio para ampliar nossos serviços”, explicou Padre George.

O deputado Ruy Carneiro manteve a atenção em cada detalhe da Fundação e lembrou que todos os anos contribui com o trabalho. “Estamos garantindo mais um ano, a destinação de R$150 mil que vão garantir boa parte do custeio da fundação e vamos tentar ampliar esse apoio. A Fundação faz um trabalho muito importante na assistência às pessoas carentes, crianças, mulheres e idosos”, explicou.

Ruy Carneiro garantiu ainda que deve levar as demandas e o trabalho desenvolvido pela Fundação pessoalmente para ministros em Brasília, na tentativa de garantir mais apoio a esta obra e aos serviços. Padre George agradeceu a visita e o comprometimento do parlamentar “a sua presença aqui é um estímulo ao nosso trabalho. O senhor vem cumprindo sua palavra, é muito difícil encontrar alguém que cumpre aquilo que promete. Em nome de todas as crianças, idosos eu quero agradecer sua presença, seu carinho, sua disponibilidade, sua proatividade”, enfatizou.

O líder da Comunidade Filhos da Misericórdia explicou que a Fundação Padre Pio de Pietrelcina nasceu do sonho e do desejo de, em comunhão com Deus, ajudar pessoas. A Fundação funciona no Bairro dos Ipês, em João Pessoa e trabalha atualmente, três polos: assistencial, saúde e educação.
A Fundação atende com comida, afeto e atenção por meio de duas casas de acolhimento para crianças até 12 anos e outra só para meninos até os 17 anos, reforço educacional. O Próximo sonho do Padre George é ampliar o polo da saúde e o atendimento em um Centro de Reabilitação para crianças com microcefalia, além de uma Casa de passagem para acolher quem não tem onde ficar durante o tratamento do câncer. “Queremos transformar sofrimento em aprendizado”, destacou Padre George.

Além do esforço parlamentar de Ruy Carneiro, que destina recursos de emendas parlamentares, a Fundação São Padre Pio de Pietrelcina precisa do apoio de todos para manter este trabalho. As doações podem ser feitas por meio do CNPJ 10.4441470/0001-44
Banco do Brasil: Agência:0011-6
Conta Corrente: 139043-0.

Com Assessoria

Comentar

Manoel Júnior anuncia antecipação da primeira parcela do 13º dos servidores e deve injetar mais R$ 6 milhões na economia de Pedras de Fogo

Prefeito Manoel Júnior (Imagem Reprodução da Internet)

Após oito anos, a Prefeitura de Pedras Fogo irá antecipar a primeira parcela do 13º salário dos servidores públicos municipais e o pagamento do mês de junho, injetando de uma só vez quase R$ 6 milhões da economia da cidade. O pagamento de todos os servidores referente à parcela do 13º e junho será feito na próxima terça-feira (22) e na quarta-feira (23).

Na terça-feira, recebem os inativos e pensionistas. Já na quarta o pagamento será feito para os demais servidores, de todas as secretarias.

O prefeito Manoel Junior afirma que a medida é uma demonstração de respeito e reconhecimento ao trabalho que vem sendo executado por todos os servidores na construção de uma cidade mais justa e desenvolvida. Aliás, ele lembrou que no mês de janeiro foi o primeiro prefeito da Paraíba a anunciar o calendário anual de pagamento dos servidores públicos municipais.

“Na minha gestão os servidores estão recebendo os salários dentro do mês trabalhado e até de forma antecipada, como acontece agora com a primeira parcela do 13º e o mês de junho. Essas medidas mostram o quanto valorizamos aqueles que se dedicam diariamente para construir um novo tempo para Pedras de Fogo”, ressaltou.

Manoel Junior ressalta a importância da iniciativa de antecipar a primeira parcela do décimo e programar os pagamentos para o aquecimento de todos os setores da economia local, principalmente durante este momento de grave crise financeira gerada pela pandemia do novo coronavírus (Codiv-19).

“Sem dúvida nenhuma, essa programação é uma conquista do servidor público e do comércio local, daqueles que transacionam com os funcionários da ativa, inativos e pensionistas. Que Deus possa nos iluminar nessa caminhada, por que essa é uma vitória do povo e, principalmente, da qualidade dos serviços prestados a população”, disse.

Comentar

RITMO ACELERADO: Assembleia Legislativa da Paraíba supera 4,3 mil matérias apreciadas em 2021

Presidente Adriano Galdino satisfeito com ritmo de trabalho da Casa (Imagem Reprodução/ALPB)

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) manteve o ritmo acelerado de trabalho e encerrou mais uma vez o semestre mostrando sua preocupação em aprovar leis que amenizem os efeitos da crise econômica e sanitária que assola atualmente todo o mundo. Entre requerimentos, projetos de Lei, projetos de Resolução, e Medidas Provisórias, a Casa de Epitácio Pessoa aprovou 4.375 matérias nesses seis primeiros meses de 2021. Durante todo o ano de 2020 a totalização de matérias aprovadas chegou a 4.971.

O presidente Casa, Adriano Galdino, fez uma avaliação bastante positiva deste primeiro semestre e parabenizou os deputados. “Um número extremamente positivo e que superou as expectativas. A nossa produtividade foi possível graças à mobilização do Parlamento durante a pandemia, com a realização das sessões e reuniões ordinárias de forma remota, por meio de videoconferência. Batemos todos os recordes de produção nesse semestre, isso mostra o nosso compromisso com os paraibanos para a construção de uma Paraíba melhor e mais justa para todos”, afirmou Adriano.

Somente nesse semestre foram analisados e aprovados 14 Projetos de Decretos Legislativos, três Projetos de Leis Complementares, 272 Projetos de Leis Ordinárias, 29 Projetos de Resolução, 20 Pedidos de Informações, 72 Vetos, 173 Projetos de Indicações, 106 pedidos de Sessão Especial e Audiência Pública e 3.665 Requerimentos.

A ALPB também realizou eventos e debates importantes para diversos setores da sociedade, durante a pandemia. Mesmo com as restrições impostas pelo Coronavírus, a Casa participou de ações por meio de videoconferência. As comissões permanentes organizaram por meio de lives diversas discussões, que reuniram milhares de pessoas, durante esses cinco meses, e representantes de vários órgãos.

Com ALPB

Comentar

Presidente do Tribunal de Justiça suspende “feriadão junino” na Paraíba

Imagem Reprodução da Internet

O Presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba, Desembargador Saulo Henriques de Sá e Benevides, assinou nesta quinta-feira (17) o Ato da Presidência nº 43, suspendendo os pontos facultativos e feriados aprazados para os dias 23 e 24 de junho, no âmbito do Poder Judiciário Estadual. A medida considerou a conjuntura de calamidade pública vivenciada no Estado da Paraíba, decorrente do agravamento da pandemia do COVID-19, como também a edição do Decreto Estadual n° 41.352, de 17 de junho de 2021, que suspendeu, no âmbito de todo território estadual, os pontos facultativos aprazados para os dias 23, 24, 28 e 29 de junho.

Conforme o disposto no artigo 1º do Ato, ficam suspensos, no âmbito do Poder Judiciário Estadual da Paraíba, os pontos facultativos e feriados agendados para os dias 23 e 24 de junho de 2021, em consonância com a previsão contida no parágrafo único do artigo 12 do Decreto Estadual n° 41.352, de 17 de junho de 2021. “O disposto no caput deste artigo não interfere nos demais feriados e pontos facultativos previstos no Ato Conjunto n° 007/2020 TJPB/MPPB/DFE-PB, mantendo-se, portanto, o ponto facultativo previamente agendado para o dia 25 de junho de 2021, resultante da transferência do dia de Corpus Christi, comemorado em 03/06/2021”, destaca o texto.

Nos dias 23 e 24 os serviços forenses funcionarão de maneira remota, ressalvada a necessidade imperiosa de deslocamento às unidades judiciárias e administrativas. Já no dia 25 de junho os órgãos jurisdicionais de 1° e 2° graus do Tribunal de Justiça da Paraíba funcionarão em regime de plantão, nos termos das Resoluções n°s 24/2011 e 56/2013.

Dispõe ainda o Ato que no período de 23 a 25 de junho de 2021 ficam suspensos os prazos dos processos judiciais e administrativos em tramitação nos órgãos jurisdicionais do Poder Judiciário Estadual Paraibano.

Confira, aqui, o Ato da Presidência.

Com Gecom-TJPB

Comentar

Novo decreto da PMJP flexibiliza funcionamento do comércio e proíbe fogos e fogueiras em João Pessoa

    Decreto proíbe fogueiras (Imagem Reprodução/Olimar Loja de Metais)

A Prefeitura de João Pessoa publicou, na noite desta quinta-feira (17), no Semanário Municipal, o decreto 9.749/2021, que traz o conjunto de medidas de enfrentamento e prevenção à pandemia da Covid-19. O texto detalha as regras de flexibilização de segmentos como bares e restaurantes, shopping, além da utilização da orla marítima. O decreto expressa ainda a proibição do acendimento de fogueiras e da queima de fogos de artifício nesse período junino. A Prefeitura também mantém o feriado religioso do São João, 24 de junho, que ocorre na próxima quinta-feira.

O novo decreto começa a valer a partir deste sábado (19) e vai até o dia 2 de julho. Ele restringe a locomoção noturna e a permanência em vias, equipamentos, locais e praças públicas das 00h às 5h, com exceção do deslocamento para ida a farmácias, serviços de saúde e situações em que fiquem comprovada a urgência.

Alimentos e bebidas – Os bares, restaurantes, lanchonetes, lojas de conveniência e estabelecimentos similares poderão funcionar com atendimento nas suas dependências das 6h às 21h, com ocupação de 30% da capacidade, com quantidade máxima de oito pessoas por mesa, mantendo-se entre as mesas distanciamento de, no mínimo, 1,5m.

É obrigatória também a colocação de álcool em gel em cada uma das mesas, devendo esses estabelecimentos, sempre que possível, prestigiar as áreas livres e abertas, ficando vedada, antes e depois do horário estabelecido, a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio local, cujo funcionamento poderá ocorrer apenas através de delivery ou para retirada pelos próprios clientes (takeaway).

A Prefeitura atendeu à demanda da classe musical e autorizou a realização de apresentações com a presença de até quatro músicos no palco, que deverão obedecer aos protocolos específicos do setor. Vale ressaltar que a dança continua proibida.

Comércio e serviços – Os estabelecimentos comerciais, que até o último decreto só poderiam funcionar de segunda a sexta-feira, estão liberados para abrir também aos finais de semana, mas com a limitação de dez horas contínuas, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor.

Os shoppings centers e centros comerciais poderão funcionar das 10h às 22h, com exceção dos estabelecimentos situados no Centro da cidade, que poderão funcionar das 9h às 21h. Os bares, restaurantes e similares que funcionem no interior de shoppings centers e centros comerciais somente poderão funcionar com atendimento nas suas dependências até 21h, com ocupação de 30% da capacidade do local. Depois desse horário, é proibida a comercialização de qualquer produto para consumo no próprio estabelecimento, cujo funcionamento poderá ocorrer apenas através de delivery ou para retirada pelos próprios clientes (takeaway).

Praia – Durante o período de vigência do novo decreto, fica proibida a aglomeração de pessoas nas praças, parques, praias e nas calçadas situadas na orla da Capital. Nestes locais, fica permitida a prática de atividades físicas individuais e em duplas, desde que não envolvam contato físico direto entre os atletas, bem como a utilização, durante os dias de semana, de barracas, cadeiras, mesas, guarda-sóis e serviços de praia, desde que observado o distanciamento mínimo de 2 metros e o limite de 4 pessoas por mesas, guarda-sóis ou barracas.

Fica proibida durante a semana, entre às 17h e 5h, e durante todo o dia nos finais de semana, a permanência de pessoas no espaço público denominado “Largo de Tambaú”. Fica vedado ainda nos dias 19, 20, 26 e 27 de junho a utilização de barracas, cadeiras, mesas, guarda-sóis, serviços de praia ou ainda colocação de esteiras e/ou outros objetos na praia que estimulem a aglomeração de pessoas; o consumo de alimentos e bebidas na calçada da orla e na faixa de areia da praia; e a atividade de ambulantes na faixa de areia.

Feiras – Segundo o decreto, as feiras livres somente poderão funcionar das 5h às 16h, devendo ser observadas as boas práticas de operação padronizadas pela Legislação Municipal e ainda um maior distanciamento entre as bancas e ampliação dos corredores de circulação de pessoas.

Construção civil – A construção civil somente poderá funcionar das 6h30 até 16h30, sem aglomeração de pessoas nas suas dependências e observando todas as normas de distanciamento social e os protocolos específicos do setor.

Eventos – O novo decreto volta a proibir a realização de eventos sociais ou corporativos, de forma presencial, a exemplo de congressos, seminários, encontros científicos, shows e o funcionamento de lounges bar, boates e espaços que contenham dança, teatros, circos e estabelecimentos similares, bem como a presença de público em lives musicais.
Porém, é permitida a realização de casamentos, batizados, aniversários que já estavam previamente agendados, exceto em bares e restaurantes, com distanciamento mínimo de 1,5 metro entre as pessoas, com o uso obrigatório de máscaras, a disponibilização de álcool 70% e a aferição de temperatura.

Missas e cultos – Durante a vigência do decreto, as missas, cultos e quaisquer cerimônias religiosas presenciais podem ser realizadas com 30% da capacidade.

Fogueiras e fogos – Outra novidade do decreto é a proibição do acendimento de fogueiras e a queima de fogos de artifício, nos termos da Lei Municipal n.º 14.093, de 30 de dezembro de 2020.

Educação – Segundo o decreto, as escolas e instituições privadas de ensino infantil, fundamental, médio e cursos livres seguem autorizadas a funcionar de forma remota, híbrida (remota e presencial) ou presencial com a capacidade máxima de 50% dos alunos de cada turma, distanciamento mínimo de 1,5 metro entre os alunos, professores e funcionários, uso obrigatório de máscaras, disponibilização de álcool 70% e aferição de temperatura corporal. Essas instituições podem realizar atividades presenciais para os alunos com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e pessoas com deficiência.

Já as escolas e instituições privadas de nível superior seguem funcionando exclusivamente no sistema remoto. Na Rede Municipal de Ensino, as aulas presenciais continuam suspensas.

Serviço público – Durante a vigência do novo decreto, ficam suspensas as atividades presenciais nos órgãos e entidades da Prefeitura de João Pessoa. Porém, seguem com atendimento presencial as Secretarias de Saúde; Segurança Urbana e Cidadania; Administração; Comunicação; Fazenda; Planejamento; Desenvolvimento Social; Desenvolvimento Urbano; Educação; Trabalho, Produção e Renda; Turismo, Meio Ambiente, Juventude, Esporte e Recreação; Coordenadoria de Proteção e Defesa Civil; Programa João Pessoa Sustentável; Emlur; Semob; Procon-JP; IPM e Vigilância Sanitária.

Baixe o novo decreto acessando o link file:///C:/Users/wambe/Downloads/2021_Ed_Especial_17-06.pdf

Com Secom/JP

Comentar

PMJP reabre Centro da Criança Com Microcefalia

A Prefeitura de João Pessoa reabriu, nesta quarta-feira (16), o Centro Dia da Criança com Microcefalia, serviço municipal destinado ao cuidado e atenção com este público. O espaço estava fechado há um ano, contando apenas com atividades remotas e sua reabertura foi acompanhada pelo prefeito Cícero Lucena.

“O depoimento das mães por si só justifica o esforço da Prefeitura em reabrir esta casa”, declarou o prefeito. “Queremos dar suporte às famílias que têm crianças com microcefalia em seus lares e que precisam do poder público como apoio para enfrentar as dificuldades do dia a dia. Este é um dos primeiros equipamentos que voltam a funcionar, mas temos grandes projetos no que se refere às doenças raras”, complementou.

O Centro está localizado na Avenida Júlia Freire, em Tambauzinho, e oferece serviços de fisioterapia, pedagogia e acompanhamento psicológico para as crianças e para os pais. O local ainda funciona como uma creche, garantindo o cuidado às crianças no período em que os pais trabalham.

No total, 51 crianças são acompanhadas, mas apenas 19 mantiveram o vínculo no período de funcionamento remoto. “Pretendemos retomar o contato com estas famílias, fazer atendimento em casa, trazê-los de volta para cá e tenho certeza que em breve estas crianças vão estar sob atenção novamente”, explicou o secretário municipal dos Direitos Humanos e Cidadania, João Corujinha.

O vice-prefeito Leo Bezerra conta que foi procurado por uma das mães sobre a importância da reabertura do serviço. “Conversei com o prefeito e o secretário e estamos realizando o sonho das famílias, que é ter um espaço adequado para trazer seus filhos. Vamos ampliar os serviços e tornar mais eficiente o atendimento para fazer o melhor pela população”, afirmou.

Suellen Rafael, de 38 anos, comemorou a ação. A empreendedora é mãe de Arthur Rafael, de dois anos e cinco meses, atendido pelo Centro. “Estou muito feliz. As famílias vivem sobrecarregadas e esse apoio, ter essa casa como ponte, é muito importante, até mesmo para que possamos trabalhar sabendo que eles estão bem cuidados. Os gestores estão de parabéns”, declarou.

Com Secom/Jp

Comentar

Operação Pernalonga constata que 10 dos 26 alvos já estavam recolhidos em presídios paraibanos

Imagem Ilustrativa/Assessoria

A Polícia Civil da Paraíba, em ação integrada com a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros Militar e Polícia Penal, deflagrou nas primeiras horas da manhã desta quinta-feira (17), a Operação Pernalonga. De acordo com o Major Lima, dos 26 mandados de prisão, 10 deles já estavam em presídios da Paraíba. Alguns dos alvos já foram apresentados na Central de Polícia.

A ação conta com o apoio da Grupo Tático Aéreo (GTA) – helicóptero Acauã – e da Polícia Ambiental, para dar cumprimento aos mandados de prisão e 16 de busca e apreensão na cidade de Santa Rita, região metropolitana de João Pessoa.

O nome da operação é Pernalonga em referência ao apelido de um dos integrantes da Organização Criminosa com atuação no Alto das Populares, responsável por crimes de homicídio e tráfico de drogas em Santa Rita.

Com Ascom PCPB

Comentar

Deputada revela que Zé Aldemir foi entubado e confirma transferência do marido para São Paulo nesta quinta-feira

Imagem Reprodução/ParaibaNoticias

O médico e atual prefeito de Cajazeiras,  José Aldemir Meireles foi entubado e deverá ser transferido para São Paulo nesta quinta-feira (17), segundo informações da deputada Paula Almeida (PP).

Dra. Paula, como é conhecida, esclareceu que a entubação não ocorreu por causa da covid-19, contraída pelo marido, mas sim por conta de complicações cardíacas.

José Aldemir foi diagnosticado com a doença provocada pelo coronavírus em Cajazeiras, dias atrás, e transferido para um.hospital particular de João Pessoa, onde deu entra da com 40% dos pulmões comprometidos e encontra-se  entubado.

Na entrevista concedida ontem, Dra Paula não revelou a hora da transferência do paciente para a capital Paulista.

,

 

 

Comentar