BODAS DE OURO: Deputados homenageiam hospital Edson Ramalho

Casa cheia na sessão especial da Assembleia Legislativa da Paraíba em homenagem aos 50 anos de fundação do Hospital da Polícia Militar General Edson Ramalho, de autoria do deputado Ricardo Barbosa. O hospital foi inaugurado pelo então governador João Agripino em 28 de novembro de 1969 e foi o general Edson Ramalho, nascido em Bananeiras, quem iniciou a luta pela sua construção.

Sua atuação na esfera administrativa da Paraíba e Ceará lhe rendeu o título de “General da Prosperidade”. O historiador Arion Farias diz que no tempo em que Edson Ramalho era o secretário de Estado da Receita, a Paraíba teve um momento histórico de grande avanço econômico e prosperidade, principalmente no desenvolvimento da cultura do sisal, conhecido à época como “O ouro verde de Paraíba”.
No ano de 1956, Edson Ramalho foi convidado pelo Governo da Paraíba para ser Comandante da Polícia Militar, tendo se tornado legatário de uma carreira que deixou marcas na PMPB por décadas.

“Por isso dedicamos nessa homenagem uma reverência a Edson Ramalho que dar nome a tão importante equipamento público de saúde de nosso Estado. Neste sentido, é de nossa autoria o Projeto de Lei 1.267/19 que propõe que o General Edson Ramalho seja considerado o Patrono do Hospital Militar que carrega o seu nome”, informou o deputado, em seu pronunciamento.

Atualmente o hospital é comandado pelos diretores executivo e administrativo, Coronel Almeida Martins e Coronel Alberto Nunes, “e passa por uma reformulação administrativa que já começou a dar frutos, o que é percebido claramente nas suas dependências físicas”, destacou.

Informou, ainda, que colocou neste ano, para ser executado na LOA 2020, nas “emendas” de sua autoria, R$ 150 mil para acréscimo ou inclusão na dotação orçamentária do Hospital Edson Ramalho, “contribuindo com a saúde pública do nosso Estado e com a continuidade desse novo tempo administrativo do Hospital”.

“Mago das finanças”

O coronel Wellington Corlet dos Santos, vice-presidente da Associação Nacional dos Veteranos da Força Expedicionária Brasileira, fez palestra resgatando toda a história do general Edson Ramalho, também conhecido, segundo ele, como “o mago das finanças”.
Lembrou que o homenageado serviu ao Exército brasileiro nas Forças Expedicionárias e esmiuçou sua atuação na Itália, sua participação na Batalha de Monte Castelo, em 1945, e outras curiosidades da vida pública e militar do general.

Já o coronel João Batista Lima falou sobre o atendimento de saúde dos militares nas primeiras décadas do século passado até a criação do hospital Edson Ramalho.
Também participaram da sessão especial o coronel Sósthenes, representando o comandante geral da PM, Euler Chaves; o coronel Almeida Martins, diretor-geral do hospital; Antônio Amâncio Ramalho, capitão de mar e guerra, irmão do general homenageado; e Hugo lobo, presidente do Batalhão Suez.

Com Assessoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor