Deputados debatem política de desenvolvimento do setor têxtil com empresários do Sertão

A Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), através da Frente Parlamentar pelo Desenvolvimento do Semiárido e da Frente Parlamentar de Empreendedorismo e Desenvolvimento Econômico, realizou, nesta sexta-feira (27), reunião com representantes do setor têxtil do Sertão do estado para discutir ações em prol do crescimento da região. O evento ocorreu no Polo da Universidade Aberta do Brasil (UAB) Cícero Dias de Oliveira, na cidade de São Bento, e reuniu empresários, prefeitos, autoridades locais e representantes da sociedade civil organizada.

Atualmente, a indústria têxtil de São Bento emprega aproximadamente 15 mil pessoas, entre empregos diretos e indiretos. O município, conhecido como a Capital Mundial das Redes, exporta seus produtos para mais de sete países. A deputada Pollyanna Dutra (PSB), presidente da Frente Parlamentar pelo Desenvolvimento do Semiárido e vice-presidente da Frente de Empreendedorismo, afirmou que o encontro com o empresariado têxtil debateu pontos importantes para o setor, que vão se concretizar em um documento destinado ao Poder Executivo.

“São Bento é uma região muito produtiva, de povo empreendedor, onde o sertanejo acorda de madrugada para produzir sua rede e fazer circular o que é produzido aqui no Brasil inteiro e até no exterior. Então, o Poder público tem que chegar junto e fomentar esse desenvolvimento, seja na infraestrutura de estradas, no incentivo na tributação ou no retorno da Coletoria. Aqui é uma região que gera muito imposto, muito emprego e renda, e a gente que faz a política, que está lá na Assembleia Legislativa e representa o povo da  Paraíba, tem que chegar aqui e entender realmente qual é a demanda desse povo”, destacou a parlamentar.

O deputado Cabo Gilberto Silva (PSL) ressaltou a importância da duplicação das rodovias que dão acesso ao município. “Mais uma vez, a Assembleia Legislativa está de parabéns por sair da capital e acompanhar os problemas de todas as cidades da Paraíba. Estamos aqui, em São Bento, para saber e ouvir as demandas da população. Estive aqui ano passado e infelizmente o problema da estrada ainda persiste. Então, faço um apelo às autoridades para que resolvam os problemas dessa estrada, porque São Bento não pode ficar sem o seu principal acesso, onde escoa os produtos e chega a importação”, enfatizou.

Para o empresário Armando Dantas, o encontro superou as expectativas dos participantes e gerou confiança para o crescimento da indústria têxtil local. “Eu tenho certeza que todos saíram muito satisfeitos. A redução de impostos, por exemplo, é muito importante porque está provado que quando os tributos são reduzidos a arrecadação e os empregos aumentam. Então, eu acredito que isso é uma solicitação necessária para as nossas empresas e indústrias continuarem crescendo”, declarou.

O representante da Companhia de Desenvolvimento da Paraíba (Cinep), Henrique Candeia, afirmou que as principais necessidades discutidas na reunião serão levadas ao Governo do Estado. “Viemos ouvir as demandas do empresariado do ramo têxtil, acompanhando a Frente Parlamentar de Empreendedorismo. O nosso papel, como agência de fomento, é desenvolver estudos e ver como o Estado pode atuar para incentivar esse arranjo produtivo local”, concluiu.

Com ALPB

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

O blog não se responsabiliza pelo conteúdo exposto neste espaço. O material é de inteira responsabilidade do seu autor